Cidade
Foto: Divulgação

As obras de reconstrução de 14 pequenas pontes que dão acesso a propriedades no bairro Valada São Paulo, em Rio do Sul, foram iniciadas. Serão pelo menos 11 novas estruturas de madeira e mais três de concreto, dando assim mais segurança para os moradores entrarem e saírem das propriedades. Todas estas pontes estão sendo reconstruídas após terem sido seriamente danificadas ou, até mesmo, destruídas pela enxurrada ocorrida em dezembro de 2020.

Nenhuma das propriedades estava sem acesso até o momento, mas era necessário fazer estruturas adequadas para o tráfego. Os projetos passaram por aprovação e licitação em caráter emergencial, já que o município recebeu recursos federais destinados a esta recuperação. A estimativa é que para estas 14 pontes devam ser investidos R$ 745 mil, recurso vindo da Secretaria Nacional de Defesa Civil.

A empresa responsável pelas pontes de madeira é a empreiteira KSB. Já as pontes de concreto serão reconstruídas pela empreiteira Construrio. Existe um prazo inicial de entrega das obras até o final de junho.

O prefeito de Rio do Sul, José Thomé, justifica que os projetos de reconstrução, orçamento e burocracia para contratação das obras impediu mais celeridade para o início dos trabalhos, mas que toda obra com recurso público federal precisa seguir o passo a passo sem atropelo. “Felizmente, foram iniciadas as obras, em etapas, para que a comunidade tenha as pontes disponíveis o mais breve possível”, explica.

A obra de recuperação do asfalto da rua Prefeito Luis Adelar Soldatelli, também danificado pela enxurrada, já foi recuperado, assim como a obra de limpeza do ribeirão cobras, que atravessa todo o bairro, também foi concluída