Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A eleição suplementar no município de Petrolândia ocorreu neste domingo (13) e elegeu Irone Duarte, do Progressistas como novo chefe do Executivo. A diplomação e posse da coligação eleita que leva Egon Weber (PSD) como vice-prefeito, estão previstas para o dia 1º de julho, de acordo com calendário divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina. Seguindo as regras para evitar propagação da covid-19, a diplomação deve ocorrer em formato virtual.

Com 47,98% dos votos, a chapa teve uma diferença de apenas 16 votos em relação à segunda colocada, a atual prefeita interina do município, Angela Adriana Krindges da Mota (MDB), que segue no cargo até a data da posse, e depois retorna ao Legislativo, como vereadora.

Irone estava em casa no momento da apuração e soube pelo filho que havia sido eleito, em uma acirrada disputa. Ele garante que está feliz por saber que os petrolandenses depositaram confiança em seu trabalho e promete retribuir. “Eu quero trabalhar para as pessoas, vou continuar sendo o mesmo Irone. Quero ajudar o nosso povo, me sinto feliz ajudando o próximo”, destacou.

Para ele, o momento é de pensar em trabalho, buscar r recursos e fazer todo o planejamento de ações, sobretudo de obras importantes para os munícipes.“Nós temos algumas situações na Educação para resolver, como a construção da nova escola, já que os recursos estão em caixa. Precisamos organizar a creche municipal e oferecer mais vagas. Vamos buscar com os nossos deputados mais recursos para pavimentação de ruas e finalizar as obras em andamento deixadas pelo prefeito Joel Longen, de quem fui vice por oito anos”, ressalta.

Ele afirma ainda que assim como prometido durante a campanha, o trabalho em razão da diminuição do tempo de espera por procedimentos na saúde deve ser uma prioridade. “Nossa intenção também é diminuir as filas de exames. Precisamos contratar profissionais de saúde para agilizar os atendimentos e ainda regularizar o nosso hospital, que faz o primeiro atendimento as pessoas”, acrescenta.

Trajetória

Irone Duarte já ocupou o cargo de vice-prefeito por dois mandatos no município, ou seja, oito anos. Seu nome foi colocado à disposição do partido após a desistência de Rogério Domingos, Déio. Ele havia sido eleito em 2020, mas teve candidatura indeferida por falta de documentos. Para a eleição suplementar, ele chegou a ser anunciado como pré-candidato, mas acabou desistindo e deu lugar para Irone.