Alto Vale

O prefeito de Rio do Oeste, Humberto Pessatti, de 56 anos faleceu na manhã dessa terça-feira (15) em decorrência de complicações causadas pela Covid-19.O político chegou a ficar internado no Hospital Regional de Rio do Sul mas foi transferido para uma UTI no Hospital da Oase em Timbó.

Em entrevista ao Jornal Diário do Alto Vale, enquanto estava internado no Hospital Regional , ele afirmou que não tinha nenhum problema de saúde, mas que a doença comprometeu especialmente a sua respiração. Na ocasião o político também fez um alerta para que a população procurasse se cuidar e seguir as orientações dos órgãos de saúde.

Na conversa por telefone o emedebista contou que começou a sentir os primeiros sintomas no domingo e que eles acabaram se agravando, ele teve que procurar atendimento médico e foi internado em Rio do Sul. “Fiz uma bateria de exames e estou aguardando o resultado. Primeiro tive problemas respiratórios, não conseguia mais nem andar 10 metros ou falar. Fiz o exame e o resultado foi positivo para covid”, conta.

O prefeito ressalta ainda que tinha uma boa saúde e nunca imaginou que fosse sentir sintomas tão graves. “Não tinha nenhum problema de saúde e realmente é uma doença muito séria. Não achei que se um dia pegasse teria sintomas tão graves. Foi uma dor no corpo horrível e a respiração ficou muito comprometida. Digo para as pessoas que cada um tem que se cuidar. Não importa se os outros não querem seguir, mas cada corpo reage de forma diferente e a maior prova sou eu. A doença não escolhe lugar, cor classe social nem nada. Qualquer um está sujeito”, alertou.

Em contato com a Prefeitura Municipal de Rio do Oeste a reportagem foi informada que ainda não existe um definição quanto ao local em que o político deverá ser velado. O município deve decretar luto oficial por três dias, mas a confirmação se dará por publicação no Diário Oficial dos Municípios nas próximas horas.