Alto Vale
Foto: Redes sociais

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Iniciou nesta semana, no dia 25, a XXIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O evento reúne até esta quinta-feira (28), prefeitos e secretários de todo o Brasil para debater pautas relevantes sobre gestão pública. No Alto Vale, alguns prefeitos acompanham o evento e falam sobre a necessidade de buscar soluções para assuntos importantes e ainda voltar com novas ideias e projetos que podem contribuir para o desenvolvimento das cidades.

Através das redes sociais, o prefeito de Ibirama, Adriano Poffo, afirmou que está acompanhando de perto toda a programação da Marcha, juntamente ao vice-prefeito e alguns secretários. Ele destacou a presença do presidente Jair Bolsonaro e a abordagem de pautas necessárias.

“Aqui é onde discutimos ações e projetos importantes para todos os municípios brasileiros. Já recebemos o presidente Bolsonaro, que ouviu as demandas de pautas municipalistas. Acontecem também as Câmaras técnicas, onde discutimos ações pontuais nas mais diversas áreas, no nosso caso, a Reforma do Código Tributário Nacional. Também temos exposição de projetos importantes, inovadores que tem a contribuir com o desenvolvimento das nossas cidades”, comenta.

O prefeito de Alfredo Wagner, Gilmar Sani, também esteve presente na Marcha e enfatizou a importância da participação de todos. “Temos a certeza que fortaleceremos o municipalismo e teremos muitas conquistas, pois estamos aqui trazendo demandas e reivindicar apoio do Congresso e Governo Federal”, afirmou.

Entre os prefeitos que viajaram para participar da Marcha está Rafael Neitzke Tambosi, de Pouso Redondo. Ele chegou a ir até Brasília, mas foi surpreendido pela notícia da interdição da ponte sobre o rio das Pombas, na BR-470, que fica no município e acabou voltando antes do que havia sido programado.

“Aproveitando que já estava em Brasília, o senador Jorginho Melo nos recebeu em seu gabinete e intermediou uma reunião com o superintendente do Dnit e algumas alterações, medidas emergenciais serão tomadas. Estamos unidos para trazer solução para os próximos dias e resolver a situação do desvio na BR-470”, enfatiza.

Programação

No dia 25, a abertura do evento para credenciamento iniciou ainda de manhã, mas somente à tarde foi realizada a abertura da Assembleia e Conselho Político. No dia seguinte, 26 de abril, foi dado inicio às atividades presidenciáveis à tarde com o Movimento Mulheres Municipalistas, discussão sobre o Piso do Magistério, desafios da Assistência Social na pós-pandemia, palavra aberta aos gestores municipais e encontro de bancadas parlamentares.

Nesta quarta-feira (27) foi realizada a Assembleia-Geral, o Movimento Municipalista e o Congresso Nacional, homenagens aos municípios filiados há mais de 20 anos, prefeitos que faleceram por Covid-19. Durante a tarde também foi pauta dos debates os avanços da lei de improbidade e licitações, a Reforma da Previdência Municipal e o Parcelamento Especial e os Consórcios Públicos.

Nesta quinta-feira, dia 28 de abril, foram realizadas importantes conversas sobre a instalação do Conselho Nacional de Contabilidade Municipal, Fórum de Vereadores, Saúde na pós-pandemia, desafios da mobilidade e trânsito nos municípios, o papel do município na política agrícola nacional, gestão urbana e habitacional, inovação e oportunidades de desenvolvimento.