Cidade
DAV

 

Luana Abreu

 

Eleito em 2018, o presidente do Diretório Central Estudantil (DCE) da Unidavi, Leonardo Linhares, inicia o seu segundo e último ano em frente à gestão do órgão universitário, que completa 50 anos em 2020. A expectativa, segundo ele, está em torno da inauguração da nova sede, que deve ocorrer em 10 de fevereiro, nas comemorações do cinquentenário do Diretório, além da mudança no estatuto da entidade.

 

Com relação ao novo espaço, Linhares explica que o antigo local estava pequeno para as necessidades dos acadêmicos. Em conversa com o novo reitor, Alcir Teixeira, um espaço maior e mais moderno foi solicitado.

“A partir de fevereiro, nossa sede será no antigo espaço do Departamento de Comunicação da Unidavi, que fica ao lado da cantina e da área azul. Um espaço muito maior e que dará mais conforto para as necessidades e momentos de lazer dos estudantes”, comenta. Outra novidade do ambiente serão as divisórias e salas de reunião, que o transformarão em uma espécie de coworking.

 

Para a celebração dos 50 anos do DCE, uma programação especial será organizada, com selo comemorativo e um resgate histórico da entidade. De acordo com o presidente, imagens e arquivos de quando centro universitário era chamado de Fedavi, farão parte de uma exposição para toda a comunidade.

“Quando a Unidavi começou a dar os seus primeiros passos, já existiam movimentos e associações estudantis. Nosso propósito com essa exposição é mostrar a importância que temos para a instituição e a seriedade do trabalho que realizamos”, pontua.

 

Em outubro, uma nova eleição será realizada para a escolha da diretoria que assume a gestão do órgão para o biênio 2021/2022. A atual chapa foi eleita em 2018 por unanimidade, mas segundo Linhares, as candidaturas únicas tornam o pleito mais difícil por dependerem de quórum mínimo.

“Quando fui eleito presidente, a maior dificuldade da campanha foi o de convencer os acadêmicos a votarem. Precisávamos de no mínimo 1500 eleitores”, explica.

 

Para facilitar o pleito desse ano, um novo estatuto social está sendo montado pelo conselho de administração do órgão. Conforme o presidente, uma assembleia extraordinária será feita para que o novo regimento seja apresentado aos alunos e assim eles possam dar sugestões de normas para a administração do DCE.

 

Promoções de festas e competições esportivas também estão entre as prioridades da diretoria para 2020. O presidente explica que a ideia é trazer de volta a dimensão da Copa Unidavi.

“Antigamente, Rio do Sul inteira parava por conta desse evento. Voltamos a realizar em 2019, mas queremos promover um evento maior esse ano, com mais modalidades”, afirma.