Alto Vale
Foto: Divulgação

As mulheres de Presidente Nereu podem buscar alternativas na rede pública de saúde para evitar a gravidez indesejada. Além de comprimidos e camisinhas, o município também oferece o Dispositivo Intrauterino, o DIU. O método contraceptivo é aplicado depois da consulta com a ginecologista que atende no município duas vezes por mês.

De acordo com o secretário de Saúde, Benito Brand, a implantação do DIU é oferecido às mulheres gratuitamente. Após 30 dias, o município ainda agenda um ultrassom para o médico verificar o posicionamento do dispositivo. “Os casais têm cada vez mais consciência do momento certo para a chegada de um filho. O DIU pode permanecer no útero até 10 anos, mas quando a mulher decidir engravidar, ele pode ser removido a qualquer momento”, explica o secretário.

A implantação é um procedimento simples, realizado pela ginecologista que atende em Presidente Nereu, duas vezes por mês. “Ao demonstrar interesse, nossa equipe agenda o atendimento com a médica especialista. Essa mulher vem num dia e no outro segue com suas atividades normalmente”, explica o secretário.

O DIU ofertado pelo SUS é o de cobre, não possui hormônios e um método 99% eficaz.