Alto Vale
Foto: Divulgação

Cláudia Pletsch/DAV

Foi publicado no Diário Oficial da União o resultado do pregão eletrônico para contratação de uma empresa especializada em serviço de consultoria para supervisão, fiscalização, ajustes de projeto e elaboração da planta da edificação após finalização das obras de conclusão do canal extravasor da Barragem Norte em José Boiteux. A empresa que prestará o serviço será a Iguatemi Consultoria e Serviços de Engenharia LTDA, de Florianópolis, e o valor que será pago é de R$ 576.799,47.

A barragem de José Boiteux é a maior barragem de contenção de cheias do estado, com o volume de 357 milhões de metros cúbicos e foi colocada em operação no ano de 1992. No mês de setembro de 2020 a Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC) juntamente com o governador Carlos Moisés da Silva e representantes municipais e indígenas realizaram um ato para a assinatura da autorização de três processos licitatórios, um para a elaboração do componente indígena e estudo de impacto socioambiental, no valor de R$ 1.940.730,54, outro para o projeto de recuperação da barragem no valor de R$ 256.200,50 e o último para a construção do canal extravasor no valor de R$ 7.477.184,33.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da Defesa Civil informou que a licitação para a elaboração do componente indígena e estudo de impacto socioambiental já foi finalizada e que a empresa contratada já está em atividade. A assessoria informou ainda que durante o processo de licitação houve uma redução de R$ 600 mil no valor previsto.

Ainda de acordo com a Defesa Civil o processo licitatório para a construção do canal extravasor e realização do projeto de recuperação da barragem ainda está em andamento e não existe um prazo para que as obras iniciem.

O prefeito de José Boiteux, Adair Antônio Stollmeier, esteve visitando a barragem na tarde dessa quinta-feira (21) e disse que espera ansiosamente pelo início das obras. “Estamos aguardando o processo de reforma pois agora sabemos da importância da Barragem Norte. Segundo a Defesa Civil logo irá iniciar, porém, ela deve começar o quanto antes, pois a cada chuva teremos essa preocupação, e agora a Defesa Civil terá que fazer o acionamento manual”, comenta.