Alto Vale
Foto: Divulgação/2019

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

Um grupo que faz a castração de animais no município de Ibirama tem papel fundamental em garantir a saúde pública e animal na cidade, por lá os 20 voluntários do projeto Quem Ama Castra fazem a diferença na vida de muitos cães e gatos, pois como já diz o nome, a castração é um ato de amor.

O projeto iniciou no ano de 2017 com um grupo formado por veterinários e pessoas que se dedicam a causa animal. Hoje são 20 voluntários que realizam cerca de 60 castrações por mês em mutirões organizados aos finais de semana no município. E para ajudar as famílias mais carentes as castrações tem um valor acessível, já que a maior parte dos materiais utilizados nos procedimentos são arrecadados através de ações realizadas pelo grupo e até mesmo por doações.

Marcos é um dos voluntários, ele conta que com as castrações o grupo observou até mesmo uma diminuição no número de animais abandonados, e salienta que os voluntários orientam diariamente a população a não fazer nenhum tipo de injeção para que o animal fique infértil, já que os hormônios que existem no medicamento podem causar diversas doenças. “A gente percebeu a diminuição de animais abandonados, ainda não é o suficiente pois aparece praticamente toda a semana um animal abandonado e nós resgatamos, na maioria das vezes animais com filhotinhos a gente resgata e disponibiliza para doação. É uma questão não somente de saúde animal, é também uma questão de saúde pública, e sem o grupo de voluntários Quem Ama Castra não seria possível realizar esses mutirões, então os voluntários são essenciais”, explica.

E mesmo em meio a pandemia o grupo se adequou para continuar a atender os pets, já que segundo os voluntários desde o mês de maio até setembro foram realizadas cerca de 300 castrações, e para continuar fazendo os procedimentos o grupo se adequou às normas de segurança exigidas pela Vigilância Sanitária, tudo para que aqueles animais que ainda necessitam de castração não fiquem desassistidos.

Para ajudar nas castrações de animais de famílias que não tem condições de pagar pelo procedimento o projeto ainda realiza outra ação, a arrecadação de tampas plásticas de garrafas pet, potes e outras embalagens. Esses materiais são vendidos e contribuem não somente com a causa animal mas também com o meio ambiente, já que com o dinheiro arrecadado são feitas castrações gratuitas para animais de famílias mais carentes.

Para ajudar o projeto, ou agendar uma castração basta entrar em contato pelos telefones: (47) 9 9286-8875 e (47) 9 9989-1757.