Cidade
Foto: Divulgação

Jorge Matias 

 

Rio do Sul tem se destacado no quesito criatividade. Dois representantes da cidade foram selecionados para as semifinais do prêmio Brasil Criativo. A proposta Verde, concorre na categoria Moda enquanto o Teatro Embaixo da Ponte disputa a categoria Arquitetura. A premiação acontece no dia 30 de novembro.

 

A Proposta Verde é uma empresa especialista em ecodesign, também conhecido como design ambiental, que vem desenvolvendo e expandindo a sua atuação em projetos nesse segmento e foi reconhecida pelo projeto Acessórios de Moda, desenvolvido em parceria com as Lojas Renner. Com a linha de acessórios a rio-sulense também chegou as finais dos prêmios Ecoeira 2018 e Inovação Acirs 2019.

 

De acordo com a diretora da Proposta Verde, Ana Suelen Pisetta, a economia criativa é fundamental para o desenvolvimento sustentável. “Esse tipo de economia está em expansão devido as conexões de seus mais diversos setores: moda, design, comunicação, artes visuais”, disse.

 

O Espaço Cultural Moysés Boni ou como é popularmente conhecido, o Teatro Embaixo da Ponte é outro projeto que se destacou a nível nacional e foi selecionado para a semifinal do prêmio. A estrutura funciona desde 2012, embaixo da ponte Curt Hering, no centro de Rio do Sul.

 

Conforme o proponente do projeto, Willian Sieverdt, o espaço já abrigou aproximadamente 300 ações artísticas, a maioria delas gratuitas, como espetáculos de teatro, música e literatura. “É possível através da arte, ressignificar um espaço público e que normalmente tem uma imagem muito negativa, afinal não é arte que se espera encontrar de baixo de uma ponte e sim um espaço marginalizado. O projeto Teatro embaixo da Ponte mudou essa ideia”, afirmou.

 

Sobre a premiação Willian comenta que todos os envolvidos no projeto estão bastante felizes já que através do Teatro Embaixo da Ponte é possível mostrar que com uma pequena intervenção arquitetônica de baixo custo pode virar um patrimônio cultural acessível a toda a comunidade. “Estamos felizes por mostrar que o brasileiro é criativo, que o rio-sulense é criativo”, disse.

 

Sobre o prêmio

 

O Prêmio Brasil Criativo está na sua 3ª edição e possui o propósito de valorizar atitudes criativas. Consolidado como a premiação oficial da economia criativa brasileira, ele existe para provar que os brasileiros mais ousados possuem a criatividade em sua essência e, acima de tudo, a vontade de transformar seu espaço em algo melhor e mais próspero.

 

Os principais objetivos do prêmio são: revelar, valorizar e preservar a diversidade criativa do povo brasileiro; reconhecer ações inovadoras do empreendedorismo criativo no país e fortalecer as políticas de economia criativa no Brasil e fomentar a rede de empreendedores que fazem parte desse setor.
Ao todo, são 125 semifinalistas para 12 categorias: Arquitetura, Artes Cênicas, Audiovisual, Design, Editorial, Expressões Culturais, Moda, Música, P&D, Patrimônio e Artes, Publicidade e TIC.