Política

O empresário do ramo imobiliário Airton Berkenbrock, 47 anos, é o nome pré-definido pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para concorrer a Prefeitura de Rio do Oeste nas eleições de 2020. Apesar do ensaio estreante na política, o pré-candidato afirma ter a confiança proporcionada pela sensibilidade em enxergar as demandas do município, além da ampla experiência no setor administrativo, resultado de mais de 20 anos atuando como servidor público.

A eficiência na aplicação de recursos e uma proximidade maior com os anseios da população são primordiais para qualquer gestor, segundo o petista. “O maior desafio que Rio do Oeste enfrenta atualmente é enxugar a máquina pública, buscando novas formas de receitas. É necessária a aplicação direta das mesmas em benefício da população em geral, desde crianças até idosos, valorizando e oferecendo melhor qualidade de vida e investimentos em todas as áreas. O objetivo deve ser poder cuidar bem, para cuidar sempre”, destaca Airton.

De acordo com o empresário, a expectativa caso venha a ser oficializado como candidato e eleito em outubro, também é de levar adiante a proposta de combate a desigualdades sociais. “É possível construir um governo baseado nas necessidades e expectativas, desde o empresário até o mais humilde dos trabalhadores, aliado ao crescimento sustentável da cidade, para que todos possam usufruir de uma condição digna de subsistência”, afirma Berkenbrock.

O pré-candidato também aposta na prioridade do preparo técnico para uma boa gestão. “É fundamental o estudo da realidade rioestense e o preparo técnico para buscar o desenvolvimento pleno da cidade, priorizando os relacionamentos interpessoais e aplicação dos recursos em cada esfera”, reforça.

El afirma que a desconstrução do conceito de velha política, firmado por décadas de corrupção, também é um dos maiores desafios para as novas lideranças, na visão do petista. “As pessoas precisam perceber que você não comunga, não compactua com essa ideia”, comenta.

Os desafios de Rio do Oeste

O aprimoramento no setor administrativo do município em todas as esferas é levado em conta em um projeto de governo, a começar pela saúde. “Essa área é fundamental. Por isso, tudo vem sendo alinhado para busca de uma ampla equipe que atenda todas as demandas e especialidades, a fim de garantir o máximo de qualidade no atendimento ao cidadão”, adianta Berkenbrock.
Na educação, a meta é alcançar o nível de excelência, com todos os projetos amparados por embasamento legal. “A ideia é expandir os métodos da construção e da mediação do conhecimento através da interdisciplinaridade e métodos cada vez mais inclusivos”, destaca o pré-candidato.

Na agricultura, setor responsável por boa parte da economia municipal, o plano inicial será garantir uma boa infraestrutura. “Daremos às estradas condições transitáveis para que nossos agricultores possam fazer o escoamento de suas produções, além de ter profissionais técnicos que supram a demanda e a necessidade de todas as áreas de expansão agrícola de Rio do Oeste”, projeta.

Além de uma boa condição aos trabalhadores rurais, o empresário também buscará, caso seja alçado à candidatura do Executivo, um plano para a manutenção dos postos de trabalho, além da criação de novas vagas de emprego a partir de parcerias com empresas público-privadas.