Alto Vale

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A construção do novo quartel do Corpo de Bombeiros Militar de Trombudo Central que foi iniciada em 2015 e já se estende por mais de cinco anos poderá finalmente ficar pronta para mudança de endereço. Em fase de acabamentos, a entrega deve ocorrer no primeiro trimestre de 2022.
De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, o sargento Vanderlei Ferreira, são cinco anos de muita luta para conseguir executar a obra da nova sede com recursos escassos, economias da unidade, convênios de prefeitura e emendas.

“Iniciamos com os recursos que tínhamos através de convênios com os municípios, com nosso trabalho de vistorias e arrecadação através das taxas. Claro que isso não seria suficiente, até porque a previsão de arrecadação não é de um valor significativo para desenvolver uma obra como essa do início ao fim. Nesse tempo fechamos várias parcerias com municípios, apoio de órgãos privados, apoio de setores públicos, conseguimos apoio do estado com emenda parlamentar e tudo contribuiu para estarmos finalizando a obra. Não está pronta, mas está em fase final avançada”, conta.

O valor total da obra está avaliado em aproximadamente R$ 1 milhão, mas ainda poderá sofrer alterações. O comandante explica que com a pandemia a questão orçamentária também teria sofrido impactos.

“Não podemos dar um valor exato, mas será de aproximadamente R$1 milhão, como não concluímos o valor ainda pode passar por alterações por conta da economia, em razão da pandemia e isso acabou afetando bastante a questão orçamentária da obra”, afirma.

Questionado sobre a previsão para entrega do quartel de 740 metros quadrados, Vanderlei diz que a entrega ainda depende de alguns serviços que foram licitados há pouco tempo, mas se mostra otimista e afirma que inauguração deve ocorrer no primeiro trimestre de 2022.

“A nossa vontade é que tudo fique pronto o quanto antes, mas ainda dependemos de alguns processos licitatórios que foram finalizados neste mês e de as empresas fazerem a entrega e finalização. Com certeza estamos agilizando para concluir o quanto antes e darmos uma data definitiva, a espera não vai se prolongar por muito tempo. Acredito que no primeiro trimestre de 2022 tudo esteja pronto”, destaca.

Perguntado sobre as limitações da sede atual, junto ao Terminal Rodoviário, ele afirma que são muitas dificuldades, sobretudo em relação ao espaço físico. “A gente sempre quer melhorar e com o passar do tempo o espaço físico foi ficando inadequado, começamos a adquirir equipamentos e materiais para atender e quando se vê já não há mais espaço. Além disso, quando precisamos realizar algum curso, palestra, capacitação também não temos espaço para realizar porque o espaço não permite. Na nova sede vai ser possível porque teremos um auditório para esse tipo de serviço também”, avalia.

Vanderlei ainda comenta sobre o sonho de ver a nova estrutura pronta e fala das melhorias para o atendimento. “Será uma realidade totalmente diferente. A partir da inauguração teremos uma mudança muito significativa nos nossos atendimentos, vai haver melhorarias na prestação dos serviços para a sociedade, para o nosso município e região”, completa.

O secretário de Administração de Trombudo Central, Geziel Balcker, conta que a estrutura também deve abrigar a Defesa Civil. “O local atual em que eles estão é cedido pela prefeitura desde 2013 e agora vão receber o novo espaço graças a uma emenda do deputado Jerry Comper, e faltam apenas detalhes finais. Na estrutura nova, também teremos um local adaptado, pronto para receber a equipe da Defesa Civil e poderemos centralizar toda a parte de segurança do cidadão lá no quartel do Corpo de Bombeiros”, finaliza.