Alto Vale
Foto: Julio Cavalheiro Secom

Cláudia Pletsch/DAV

Santa Catarina recebeu no último domingo 47,5 mil doses da vacina Oxford-AstraZeneca, que devem ser distribuídas entre as 17 Unidades Descentralizadas de Vigilância Epidemiológica do estado. Para a Regional de Saúde de Rio do Sul, que abriga as 28 cidades do Alto Vale foram encaminhadas no dia 26, 1.810 doses que devem ser distribuídas de acordo com a quantidade de profissionais da saúde a serem imunizados em cada cidade.

Como o primeiro lote da vacina Coronavac, com 3.760 doses que foi distribuído para a região do Alto Vale no dia 19 de janeiro não foi o suficiente para vacinar todos os trabalhadores da saúde, essa segunda distribuição deve ser feita pela Regional de acordo com a necessidade de cada município. Na região são 5.890 profissionais da saúde.

O Governo do Estado informou que serão imunizados os profissionais de saúde, incluindo os que atuam no Atendimento Pré-Hospital (APH) Móvel e em coleta e diagnóstico laboratorial de Covid-19. Além disso o governo ainda ressaltou que os municípios deverão aguardar a orientação da Secretaria de Estado da Saúde sobre o início da vacinação dos demais grupos prioritários. Essa segunda fase será definida assim que um quantitativo suficiente de doses da vacina contra a Covid-19 seja encaminhado pelo Ministério da Saúde.

A prefeitura de Rio do Sul informou no final da tarde dessa quarta-feira (27) o recebimento de 530 doses.

Mapa de risco

No final da tarde dessa quarta-feira o Governo do Estado divulgou o mapa de risco atualizado para cada região, o Alto Vale permanece em Risco Grave para contaminação. Outras seis regiões além do Alto Vale estão classificadas como Grave, oito estão classificadas como Gravíssimo e a região do extremo sul foi classificada como risco Alto (amarelo).