Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Associação Renal Vida de Rio do Sul realiza até o dia 31 de maio o Pedágio Virtual. O objetivo é prevenir a contaminação por coronavírus e ampliar as possibilidades para receber contribuições de outros municípios do Alto Vale.

De acordo com a assistente social da unidade de Rio do Sul, Elisabete Itajiba, o pedágio é realizado, normalmente, de forma presencial, nos semáforos da cidade, mas este ano, ainda em razão da Covid-19, foi observada a necessidade de prevenção.

“Por vários anos seguidos, a Associação Renal Vida vem realizando o Pedágio pela Saúde renal no formato presencial. Em 2022, com intuito de seguir com a prevenção e controle da Covid-19, optou-se pela realização do pedágio virtual”, revela.
Ela conta ainda que o pedágio presencial demandaria a participação de muitas pessoas direta e indiretamente e que esse contato representa um perigo para a Associação que trata pessoas do grupo de risco.

“A ação, além de buscar a prevenção à contaminação pelo vírus, pois em cada pedágio realizado temos a participação direta de mais de 100 pessoas, além de doadores abordados, teremos também a oportunidade de receber as doações de moradores de outros municípios”, comenta.

Atualmente a Associação atende pacientes dos 28 municípios do Alto Vale e a ação presencial seria difícil, uma vez que não teria equipe suficiente para todas as cidades. Elisabete ainda revela que a campanha está em andamento desde março e será encerrada no fim do mês de maio. “A campanha foi iniciada no dia 10 de março, quando foi comemorado o dia mundial do rim e encerra-se no dia 31 de maio, período em que as pessoas poderão fazer suas doações em qualquer valor, através do PIX 47991557209. Depósito no banco Sicoob, agência 3249-2, conta corrente 4943-3 ou através da leitura do código QR Code. Todas as informações estão disponíveis através das redes sociais da Renal Vida, Facebook e Instagram”, destaca.

O valor arrecadado no Pedágio Virtual será utilizado para despesas de rotina da unidade, uma vez que há muitos gastos para manter o funcionamento e o atendimento dos pacientes.

“Desde o início da pandemia, a Associação vem enfrentando grandes desafios no combate e prevenção da Covid-19, com compra em maior quantidade de EPI para uso dos funcionários e pacientes, aumento de horas extras para substituir funcionários acometidos pelo vírus ou por afastamento de familiares infectados, aumento no consumo de insumos para as sessões de hemodiálise, uma vez que atendemos toda a demanda do Hospital Regional Alto Vale.Os valores arrecadados serão utilizados na compra de insumos, materiais de consumo em HD e manutenção da clínica. Queremos agradecer a todos que já contribuíram de alguma forma e os que ainda vão contribuir no Pedágio Virtual. A contribuição é muito importante para que possamos continuar atendendo pacientes renais crônicos do Alto Vale do Itajaí, lembrando que a nossa grande missão é promover saúde e melhorar a vida das pessoas”, completa.