Cidade
Divulgação

 

Jorge Matias:

 

A Renal Vida vem sendo reconhecida pelo serviço que oferece aos pacientes renais do Alto Vale. Só neste mês, três prêmios foram conquistados pela associação que foi fundada em 2003 e hoje atende cerca de 160 pessoas que somam aproximadamente 1.800 sessões de hemodiálise mensais.

 

No dia 2 de dezembro a Renal Vida recebeu pela quarta vez o Certificado de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa de Senta Catarina (Alesc). A honraria é concedida a empresas privadas, públicas e organizações sem fins lucrativos com atuação em território catarinense e que tenham responsabilidade socioambiental incluída em suas políticas de gestão.

 

A Câmara de Vereadores de Rio do Oeste realizou uma sessão solene de Outorga para Moção de Congratulações, em reconhecimento ao importante trabalho feito pela Associação Renal Vida, a favor da sociedade. A entidade também está entre as melhores ONGs do país. A premiação é realizada pelo Instituto Doar e tem o objetivo de divulgar as organizações que mais se destacam nos quesitos transparência e gestão. Para a seleção das 100 melhores entidades foram levadas em conta a causa e estratégia da atuação, representação e responsabilidade, gestão e planejamento, comunicação e prestação de contas.

 

Conforme o vice-presidente da Renal Vida, Dr. Leontino Ribeiro Neto, os prêmios refletem a qualidade do trabalho da associação.

“O reconhecimento nos incentiva a continuar trabalhando cada vez mais e os títulos acrescentam para a credibilidade da associação, que é o nosso maior patrimônio”, completa.

 

Salvando vidas

 

A Renal Vida atende os pacientes portadores de insuficiência renal crônica de todos os municípios do Alto Vale, através de hemodiálise, consultas em ambulatório do SUS e transplante renal. Disponibiliza ainda atendimento em nefrologia e hemodiálise, 24 horas por dia, aos pacientes do pronto socorro, das UTIs e enfermarias do Hospital Regional. Ao todo 1.676 transplantes já foram realizados pela Renal Vida, sendo 208 em pacientes do Alto Vale. Mais de 95% dos atendimentos são realizados pelo SUS.

 

A Associação Renal Vida é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, de utilidade pública municipal, estadual e federal a través do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área da Saúde pelo Ministério da Saúde. Possui unidades em Blumenau, Timbó, Itajaí e Rio do Sul, onde iniciou os atendimentos em primeiro de setembro de 1991 como Centro de
Em Rio do Sul a entidade iniciou os trabalhos em uma pequena sala no antigo Hospital Cruzeiro com nove pacientes da região, que até então se deslocavam a Blumenau três vezes por semana para um tratamento de quatro horas. Continuou suas atividades nas mesmas dependências até 2004, quando foi transferida para sua atual área física.