Alto Vale
Foto: Leonardo Sousa/Divulgação/PMF/ND

Cláudia Pletsch/DAV

Depois de sete meses de aulas on-line alunos da Rede Estadual de Ensino poderão retomar as atividades escolares de forma presencial nesse mês, mas o retorno está previsto apenas para reforço pedagógico e para regiões que não se encontram em situação de risco Grave ou Gravíssimo no mapa que aponta o risco potencial com base no número leitos e casos confirmados e ativos de coronavírus. No momento, Santa Catarina não tem nenhuma região em estado Gravíssimo, mas o Alto Vale continua em estado Grave. A Secretaria de Estado de Educação (SED), ainda não confirmou o retorno das atividades para o dia 19 desse mês.

O supervisor Regional da Coordenadoria Regional de Educação de Rio do Sul (CRE), Ernani José Schneider, explica que as atividades on-line continuam normalmente e que o reforço escolar seria formado por turmas específicas com público alvo definido. “Nós não retornamos com as aulas, o que retorna é o apoio pedagógico para aqueles alunos que precisam de reforço escolar. Nós continuamos com as atividades não presenciais e quando autorizado pelas medidas sanitárias nós retornamos com uma formação de turmas específicas de reforço escolar, em qualquer lugar do estado é isso que vai ocorrer. As turmas serão formadas por um público alvo preferencial que serão os alunos que não conseguiram devolver as atividades, que não devolveram as atividades ou que tenham apresentado dificuldades na devolução dos materiais”, esclarece.

Ernani ainda explica que o retorno dos alunos deve ser autorizado pela família e que os professores que participariam do reforço seriam contratados especificamente para esse trabalho. “A nossa região ainda continua no estado grave, então se continuarmos ainda no vermelho ou laranja a gente não terá o início dessas turmas, mas caso venhamos a cair para o amarelo a gente poderia começar a ter a formação dessas turmas, independente do momento que for voltar nós estamos preparados para o momento que ocorrer. Caso seja aprovado, a partir do dia 14 os nossos professores retornariam para uma capacitação, ou uma orientação para atender esses alunos, lembrando que esses professores que retornarem para prestar o apoio pedagógico serão contratados especificamente para isso. Esse número de alunos que retornariam seria um número bem reduzido, máximo de 15 alunos por sala de 48 metros quadrados, seguindo todas as regras e diretrizes estaduais, e nessa configuração os alunos do terceiro ano do ensino médio seriam os primeiros a serem convidados a estar conosco e a família precisará fazer o aceite para o retorno desse estudante. É importante ressaltar que esse aluno de reforço faria as atividades não presenciais normalmente em um turno, e no outro faria esse reforço pedagógico”, esclarece.