Alto Vale
Rodovia antes das melhorias - FOTO ARQUIVO DAV

No mês de dezembro, foi licitado o projeto que deu início ao processo de revitalização da rodovia SC-425 que liga o município de Mirim Doce à BR-470. Três empresas foram convidadas para participar do processo licitatório: Sociedade Técnica de Estudos Projetos e Assessoria (Sotepa), Iguatemi Consultoria e Serviços de Engenharia LTDA e Projetos Supervisão e Planejamento Ltda (Prosul). A empresa vencedora da licitação que assumirá as melhorias será a Sotepa. Empresa esta, que possui bastante experiência na área e atua no mercado há quase 50 anos, o que vai trazer segurança aos munícipes.

A Sotepa agora dará o trâmite para continuar o plano, indo inicialmente ao local para idealizar um novo projeto de revitalização. O mesmo será encaminhado ao estado para posteriormente renovar a rodovia. Assim que ele for finalizado, o estado deve iniciar a obra física. “Estamos fazendo o possível para que essa obra inicie ainda em 2018”, disse o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), de Taió, Jardel Fronza.

Esse passo importante se deu pelo empenho das forças políticas do município, junto do secretário Jardel Fronza e do apoio do Deputado Estadual Milton Hobus (PSD). “O Milton foi a peça chave para o governador autorizar esse projeto”, disse Fronza.

De acordo com o secretário, o deputado teve ação importante por agilizar o processo. “Isso sai do cronograma do estado. Se fosse o certo, teríamos que esperar finalizar a ação judicial da revitalização de 2011, pra depois fazer outro projeto. Mas o governador entende que o município não pode esperar para receber essa obra que é de suma importância para os mirindocences e por isso autorizou o projeto”, explicou.

Enquanto não inicia a revitalização da SC, trabalhos de recuperação ocasional são realizados no local. “A gente tenta fazer um trabalho para deixar a rodovia transitável. No ano passado foi investido forte em material para recuperação da via para proporcionar essa melhoria”, disse.

Histórico da obra

Uma obra de pavimentação mal executada da SC-425 foi entregue no fim de 2011. A obra apresentou problemas logo após a conclusão. A empresa responsável chegou a fazer reparos na pista, mas não deu mais assistência. Foi então que o governo que investiu mais de R$ 6 milhões, entrou na justiça para ser indenizado. “A empresa fechou muitos escritórios, a gente precisava notificar eles para participarem das audiências e a gente nunca os encontrava.

Mas depois de muito esforço conseguimos notificar eles e demos continuidade no processo. A empresa que está na justiça, caso for condenada, pagará ao estado de outra forma”, disse Jardel.

Elisiane Maciel