Cidade, Esporte
Foto: Divulgação

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

Nesse sábado (17) acontece a primeira competição de atletismo pós pandemia no estado: o Campeonato Estadual de Atletismo sub-20 que será realizado em Timbó. No evento, Rio do Sul será representada por oito atletas que competem por uma vaga no pódio da competição. Uma das representantes rio-sulenses é a atleta Alana Amorim que no ano passado trouxe para o município o primeiro lugar no Campeonato sub -18.

A jovem, que compete pela primeira vez na categoria sub-20 na prova dos 100 metros rasos conta que nesse ano por causa da pandemia os treinos tiveram que ser adequados, fazem apenas duas semanas que ela voltou a treinar na pista da Fundação Municipal de Esportes de Rio do Sul (FMD), mas para não ficar parada ela explica que passou mais de três meses treinando em casa. A expectativa para a competição segundo ela é a melhor, e a busca pelo pódio será prioridade. “A minha expectativa sempre é dar meu melhor, buscar o pódio e quem sabe um primeiro lugar, eu sei que tem muito atleta forte que está treinando bastante mas a expectativa é sempre a melhor possível. Se der tempo bom o pódio é consequência”, avalia.
Alana conta que sua história no esporte começou desde pequena nas aulas de educação física, e depois de muitos treinos ela começou a ganhar o apoio da família e do treinador Jeferson Bagatoli que é um dos maiores responsáveis pelo sucesso da atleta. “Meu treinador me apoia bastante e ele é excelente pois ele sabe trabalhar com o atleta, e minha família sempre está comigo, principalmente meu pai que sempre está correndo atrás de patrocínios”, relata.

A atleta conta que depois do título que trouxe no ano passado a confiança do público foi aumentando e a experiência serviu como evolução no esporte. “Ano passado foi um ano de evolução pois eu comecei esse sub-20 em terceiro e terminei como primeira do ranking. Conforme o ano foi passando e com minhas vitórias eu já fui me sentindo mais confiante”, avalia.

Além do Campeonato Estadual os treinos também se voltam para o Campeonato Brasileiro que acontece no dia 6 de novembro, e Alana diz que o foco é representar o município por todo o Brasil. “Eu espero conseguir representar bem nossa cidade de novo nessa competição e me preparar bem para o Brasileiro. Espero conseguir trazer muitas vitórias ainda para Rio do Sul”, finaliza.

Outros oito atletas de Rio do Sul disputam Campeonato Catarinense

Rio do Sul terá oito atletas competindo nesse sábado. As disputas serão coordenadas pela Federação Catarinense de Atletismo (FCA) seguindo rígidos protocolos sanitários. A competição também servirá de avaliação para eventual participação no Campeonato Brasileiro da categoria que ocorre em novembro, conforme explicou o técnico da equipe rio-sulense, João Marcos Misfeld.

O treinador ressaltou que a pandemia adiou mais de 80% das competições da modalidade, além dos treinos que foram prejudicados por não poderem ser realizados presencialmente. “Voltamos há pouco mais de 15 dias pela liberação municipal e do Governo do Estado, mas mesmo realizando trabalhos remotos, sempre precisamos ajustar pequenos detalhes da parte física, de preparação e também movimentos técnicos. Será um desafio para todos voltar a competir após tantos meses parados e isso no rendimento faz muita diferença. Quem tiver melhor preparado psicologicamente vai se sair melhor”, comenta.

Entre os atletas de Rio do Sul competirão: João Victor Dalandrea no lançamento de disco, Vinicius Avancini no lançamento de disco e arremesso do peso, Gustavo Marques no lançamento do martelo e arremesso do peso, Alana Amorim nos 100 e 200 metros rasos, Yasmin Antunes Rodrigues no salto em distância em 200 metros rasos, Gabriel Manarim 100 metros com barreiras e 400 metros rasos, Alessandro Piehowiak 100 metros com barreiras e 400 metros rasos e Vinicius Klein no salto em distância e salto triplo.