Esporte
Foto: Helena Marquardt/DAV

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Rio do Sul desistiu de sediar os Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) que seriam realizados em setembro. A cidade enviou um comunicado a Fesporte informando da decisão que segundo a Fundação Municipal de Desporto (FMD) foi motivada porque os atletas não ficariam em hotéis como era a expectativa, o que traria risco em relação a pandemia e exigiria a suspensão das aulas por cerca de uma semana para que unidades fossem utilizadas como alojamentos. Agora a entidade vai decidir nos próximos dias se transfere ou cancela a edição de 2021.

Segundo o superintendente da FMD, Jeberton Fermino a cidade estava totalmente pronta para receber os jogos. “A gente se candidatou nos anos anteriores e estava tudo mantido até quarta-feira passada como a cidade sede, mas tivemos uma reunião com o presidente da Fesporte. Rio do Sul se preparou, estava pronta e todos os locais conforme o caderno de encargo”, afirmou.

Ele comenta que analisando a situação da pandemia e o fato de que o estado ainda tem regiões com risco gravíssimo o município decidiu optar pela segurança de todos. “A gente esperava que a Fesporte colocaria todos os atletas na rede hoteleira, mas foi comunicado que ficariam todos nas escolas públicas do município e do estado e avaliamos que não teria como manter a competição porque além da questão da segurança, iriámos perder uma semana de aulas, o que prejudicaria toda a rede”, esclareceu.

Jeberton acrescenta que a capital do Alto Vale seria a primeira cidade a sediar um grande evento esportivo em nível de estado desde o início da pandemia. “E a gente não sabe ao certo o que poderia estar ocorrendo, mesmo com todos os protocolos da Fesporte então por bom senso abrimos mão de ser a cidade sede”.

Ele conta ainda que os gestores das cidades sedes de competições da Fesporte questionaram em reunião a viabilidade de realização de tantos eventos até o final do ano. “Seriam vários eventos da Fesporte em sequência e entendemos que não teria como promover todos até o final do ano. Rio do Sul sugeriu realizar dois eventos, um a Olesc que é a base e os Jasc que é voltado ao esporte de rendimento, isso para ter condições de realizar com qualidade”, revelou.

Outras cidades também desistem de competições

Além de Rio do Sul, que optou por não sediar mais os Parajasc, outras cidades sedes de competições também desistiram dos eventos. Videira anunciou que não terá condições de receber os Joguinhos Abertos de Santa Catarina, programados para Novembro e Curitibanos confirmou que não vai mais sediar a Olimpíada Estudantil (Olesc).