Cidade

Reportagem Helena Marquardt/ DAV

Com a chegada de um novo lote de vacinas contra a gripe Rio do Sul já retomou a vacinação dos idosos a domicílio e mais da metade desse público já foi vacinado na capital do Alto Vale. A Secretaria de Saúde divulgou que até esta terça-feira (31) mais de 3.500 idosos já haviam sido imunizados.

A secretária, Sueli Terezinha de Oliveira, destaca que o balanço é extremamente positivo já  que Rio do Sul conta com mais de sete mil idosos e fazer essa vacinação em casa é muito mais complicado. Ela ressalta que o objetivo é realmente evitar que pessoas com mais de 60 anos se aglomerem nas unidades de saúde e se exponham a riscos de contaminação pela Covid-19 e também outras doenças.

“Mais de 3.500 já foram vacinados em suas casas. São 10 equipes nas ruas atuando nesse trabalho de vacinação que é um pouco mais demorado. Continuamos pedindo aos idosos que enquanto estivermos nesse período de enfrentamento do coronavírus que eles permaneçam em casa, esperam com tranquilidade que todos serão imunizados”, disse.

Ela comenta ainda que a equipe está sendo muito rápida, o que garante mais proteção para todos os idosos. “Estamos vacinando após o horário dos servidores, todos estão muito empenhados. Nessa terça-feira batemos o recorde de vacinação”, comemorou.

Idosos estão mais suscetíveis a doenças

De acordo com o Ministério da Saúde na primeira etapa, que começou no dia 23 de março, a prioridade são os idosos e trabalhadores da área da saúde. Com o passar dos dias, outros grupos do público-alvo terão direito às doses. As pessoas com mais de 60 anos foram para o primeiro lugar da fila, porque estudos mostram que eles estariam mais suscetíveis às complicações do novo coronavírus. A vacinação também ajuda a diferenciar entre gripe e a Covid-19.