Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

No mês de novembro que traz no seu calendário o Dia Nacional da Cultura e o Dia da Consciência Negra, Rio o Sul vai “respirar teatro”. É que a cidade recebe apresentações de três espetáculos da Cobaia Cênica, companhia rio-sulense premiada, e que trará uma programação para adultos, crianças e toda a família.

O ator e um dos organizadores da programação, Samuel Paes de Luna, conta que o retorno aos palcos foi um momento muito esperado e que estão muitos felizes com a oportunidade de retomar o teatro na cidade e trazer a “onda de teatro” no mês da cultura e da consciência negra. “Teremos uma programação muito bacana para toda a família”, disse.

Segundo ele, o primeiro espetáculo será “O que só passarinho entende”, marcado para o dia 6 de novembro, às 20h. A peça teve três indicações ao Prêmio Cenym do Teatro Nacional em 2020 e, em 2019, passou por 24 cidades catarinenses, através do Circuito Sesc Em Cena Catarina. “Com ele já fomos para Recife, Rio e Janeiro, é um trabalho que nasceu em Rio do Sul e nos deu muita alegria e essa apresentação será uma espécie de esquenta para a agenda que faremos em seguida no Paraná”, disse.

Nesse trabalho, voltado para o público adulto, o ator pernambucano Samuel Paes de Luna conta a história de uma personagem que vive no Vale do Jequitinhonha, no interior do estado de Minas Gerais, mesclando com memórias de sua própria história em sua terra natal: Limoeiro. A peça, dirigida pelo rio-sulense Thiago Becker, apresenta de maneira lúdica e poética a singularidade de uma mulher que, apesar de marcada pelas intempéries da vida, carrega a convicção de que o real valor e beleza de sua existência estão no conhecimento empírico, diretamente ligado à natureza.

Já o conto Miguel, o “Cavalivreiro” do País Sem Nome Contra o Dragão Ignorâncio será apresentado no domingo dia 7 de novembro às 16h. No elenco e direção estão Thiago Becker e Samuel Paes de Luna. “Essa contação de história é baseada num livro que eu escrevi e que foi lançado no Festival Literário de Rio do Sul. Ela é super divertida e com muita interação com a plateia. Tivemos algumas experiências no Festival Literário e em algumas escolas e foi muito bacana”, completa.

O espetáculo que vai encerrar a maratona cultural é Rio Bernunça, que será apresentado nos dias 13 e 14 de novembro (sábado e domingo), às 16h. O mais novo trabalho da Cobaia Cênica é baseado no conto do livro A Lenda do Rio Bernunça, de Samuel Paes de Luna, que também está em cena junto com Thiago Becker e Thyara Nascimento e foi dirigido por Willian Sieverdt da Trip Teatro. “É um espetáculo que tem como plano de fundo o folclore de Santa Catarina, mas que traz uma reflexão forte em relação aos cuidados com a natureza, com o meio ambiente e com a diversidade e respeito as diferenças, tratando de assuntos sérios com muita alegria”.

Todos os espetáculos serão apresentados com cobrança de ingressos, a preços populares. O valor varia entre R$ 5, R$10 e R$ 20 reais, podendo ser adquiridos na secretaria da Fundação Cultural de Rio do Sul, através das redes sociais da Cia Cobaia Cênica ou ligar para 3251-7702 ou 99601-1115.

Recém-inaugurado Teatro Domingos Venturini

Com a programação, a ideia é movimentar o calendário cultural teatral de Rio do Sul, além de apresentar à população o recém-inaugurado Teatro Domingos Venturini, fazendo desse lugar, cada vez mais, um local de apreciação e encontro com a arte e a cultura. Além disso, retomar aos poucos as atividades artísticas presenciais de que todos estão muito carentes e aguardando bastante ansiosos. “Queremos ver a cidade fervilhando de arte e cultura novamente, ver as pessoas nas ruas de volta se encontrando e aproveitando uma experiência teatral e esse movimento quer apresentar esse novo espaço para a população de Rio do Sul. O teatro está lindo, confortável e seguro e dá o maior prazer de estar lá”, finaliza Samuel Paes de Luna.