Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Claudia Pletsch

Uma campanha realizada por colegas de trabalho de uma moradora de Rio do Sul vem chamando a atenção nas redes sociais. Isso porque a assistente de sala, Letícia da Silva, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) com apenas 27 anos e agora precisa de ajuda para conseguir pagar o tratamento fisioterapêutico e neurológico, que garantem que ela possa se recuperar do episódio que causou a paralização de todo o lado direito do corpo.

De acordo com a colega de trabalho de Letícia, Maria Carmen Melo, que é quem está organizando uma campanha de arrecadação, a doença foi um grande susto para todos, pois a jovem levava uma vida saudável. “Ela e o esposo foram dormir e quando ele acordou notou que ela estava paralisada e levou imediatamente para o hospital lá foi constatado o AVC”, disse.

Maria Carmen conta ainda que as pessoas mais próximas decidiram pedir ajuda já que o marido, que possui uma empresa de reciclagem precisa se dedicar aos cuidados dela e os exames e consultas com o médico neurologista não são cobertos pelo plano de saúde da empresa.

A colega de trabalho explicou também que Letícia já consegue locomover com dificuldade o braço e perna do lado direito do corpo e que agora o processo é de recuperação além de investigação. Os exames com neurologista devem mostrar a causa do AVC que não é comum em pessoas jovens.

De acordo com Maria Carmen, a campanha de arrecadação tem o objetivo de juntar fundos para que a rio-sulense possa terminar o tratamento além de ajudar nas despesas diárias. “Eles moram em um local onde tem bastante escadas e a locomoção dela é muito difícil, por isso o fisioterapeuta tem que ir na casa dela três vezes por semana. As consultas com o neuro por exemplo custam R$ 400 e não tem cobertura no plano de saúde, então a gente acabou iniciando essa campanha para ver se conseguimos ajudar ela com isso”, comenta.

O apelo das pessoas mais próximas é para que a comunidade ajude, pois segundo Maria Carmen poucas pessoas fizeram a doação. “O sonho dela é ser professora aqui da escola, ela até seria professora nesse ano pois tinha passado no processo seletivo, mas não houve tempo nem de oficializar a situação dela pois o AVC aconteceu antes”, finaliza.

Para doar:

PIX: Leticia da Silva

Chave de endereçamento: 08705995930

Tipo: CPF

Banco: Santander

Conta corrente:

Agência: 1257

Conta: 01010535-4

CPF: 08705995930

Banco: Santander