Esporte
Foto: Divulgação

A cidade de São Bento do Sul recepcionou cerca de 150 competidores que vieram de diversas regiões de Santa Catarina. É que o Catarinense Rally Regularidade deu largada para mais um ano de competições. Com cinco etapas previstas, a primeira foi realizada no último sábado (16) e contou com a presença de duas duplas do Alto Vale do Itajaí, que fizeram uma boa estreia na corrida. Entre os participantes pela categoria Graduados, a dupla rio-sulense Michel Schreiber e Jean Luis Ropelato garantiu a 12º posição, com 725.056 pontos perdidos, enquanto o piloto e também rio-sulense, Fábio Francisco Dalpaz, que ao lado do navegador Deivid Giacometi (Ouro/SC), conquistou a sexta posição pela categoria Turismo, com uma média de 39.086 pontos perdidos.

Em relação à estreia e ao bom resultado, o piloto conta que a prova foi muito técnica e bem organizada. “A etapa em São Bento do Sul foi muito show. As médias de velocidade foram justas e teve variação de tipos de terreno, como por exemplo, passamos dentro do reflorestamento de pinus, que estava bem liso, e na Expoama e Autódromo que tinham muitos laços e pegadinhas. Estreamos nessa temporada na categoria Turismo, confesso que estávamos bem ansiosos e com a adrenalina a mil. Tivemos sim, alguns erros, mas vamos melhorar para as próximas etapas”, frisou.

O roteiro teve um total de 90 quilômetros, entre eles, 40 de trecho cronometrado. Devido à chuva, o terreno estava bem liso e com muita lama, e os pilotos suaram para acelerar e manter o veículo na trilha. Os carros derrapavam e espalhavam barro para todos os lados. Já os navegadores, não puderam tirar os olhos do hodômetro, uma vez que situações como essa, pede que o equipamento seja ajustado a todo momento.

O grid contou com 66 veículos, divididos nas categorias Máster, Graduados, Turismo, Turismo Light, Pais e Filhos e Universitários, e ainda, registrou a estreia também das categorias UTVs e Quadriciclos.