Alto Vale
Foto: Divulgação Prefeitura de Santa Terezinha

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

A falta de chuva e o forte calor dos últimos dias já afeta diversas regiões do estado e preocupa os agricultores que temem perder as plantações se a chuva não aparecer nas próximas semanas. Mas com a previsão negativa, a Defesa Civil alerta a população para poupar água pois os próximos meses podem ser de seca. No Alto Vale o município de Santa Terezinha já sentiu os impactos da estiagem e os moradores do centro da cidade estão recebendo água por caminhões pipa.

No último final de semana de acordo com o secretário de administração do município, Edivar Stopa, cerca de 30% da rede de abastecimento ficou sem água e teve que ser atendida pelos caminhões, quem sofreu com a falta de água foram os moradores que não tinham uma caixa d’água em casa e tiveram armazenar diretamente dos caminhões.

Apesar dos transtornos o problema deve ser resolvido ainda hoje, segundo Edivar a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) fez uma nova tubulação nova para transpor o abastecimento de uma nova fonte de captação fazer a ligação de uma bomba em uma nova fonte de captação. “A antiga fonte não suporta muitos dias com falta de chuva, agora a Casan vai ter que puxar água de outros locais para manter o consumo. Agora após a transposição de uma nova obra de um novo local de captação acreditamos que as coisas vão melhorar”, relata.

No local onde fica a nova fonte da Casan ainda não tem energia elétrica, e Edivar explica que os vendavais prejudicaram a rede elétrica do local por isso a Casan vai atuar de forma emergencial com um motor estacionário que vai alimentar a rede.

Outra preocupação dos moradores de Santa Terezinha é com o cultivo do tabaco, a planta é uma das maiores fontes de renda dos agricultores e está sendo prejudicada pela seca. Edivar explica que se a previsão não melhorar as perdas podem ser de grandes proporções. “Agora é uma fase crucial para o desenvolvimento do tabaco e por conta dos dias de calor intensos e do baixo índice de chuvas os agricultores estão bem preocupados, torcemos para que o clima possa mudar mas me parece que terá um prejuízo enorme na produção”, finaliza.