Estado

O projeto Saúde na Saúde, criado em 2014 no município de Atalanta, foi classificado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) como um dos 15 melhores projetos de saúde do estado. Desenvolvido pela educadora física Ana Paula Kocian e pela técnica administrativa Sabrina Ferrari, a iniciativa tem o intuito de melhorar o condicionamento físico e psicológico dos pacientes e funcionários da Unidade Básica de Saúde, proporcionando a melhora no atendimento e evitando os problemas relacionados à falta de exercício.

Atalanta concorreu com todos os municípios de Santa Catarina, mas foi a única cidade do Alto Vale contemplada pelo prêmio, que consiste na divulgação do projeto na 1ª Edição da Seção de Boas Práticas em Atividade Física na Saúde Pública em Santa Catarina, livro que será publicado pela Udesc no segundo semestre deste ano.

De acordo com a educadora física e idealizadora do projeto, Ana Paula Kocian, a ginástica laboral – com alongamentos e atividades lúdicas – acontece diariamente dentro da Unidade de Saúde, e conta com a participação de todos os funcionários. Já os treinamentos funcionais são destinados apenas aos pacientes, que são encaminhados por médicos especialistas através de agendamentos. “São encaminhamentos médicos da nutricionista, psicóloga e do fisioterapeuta. Tudo o que eles acham que é [ocasionado] devido à falta de exercício físico, eles encaminham para mim”, explica Ana Paula. Além disso, as secretarias do município também recebem as atividades, que são realizadas três vezes por semana.

Reconhecimento

Segundo Ana Paula, após a implantação do projeto houve uma melhora perceptível no atendimento da Unidade de Saúde. Para ela, os funcionários estão mais alegres e menos estressados, o que contribuiu para a diminuição das reclamações dos pacientes. “Tinha muito estresse, as pessoas chegavam esgotadas para trabalhar, aí o paciente reclamava que estava sendo mal atendido [..] então, com esse trabalho os funcionários estão ficando mais alegres, e não estão mais tão sobrecarregados”, ressalta.

O caminho para o reconhecimento do projeto começou no ano passado, quando a educadora física participou de um congresso e a Udesc se interessou pelo que estava sendo desenvolvido em Atalanta. Após isso, um formulário foi preenchido e enviado à universidade, que classificou a iniciativa como um dos 15 melhores projetos na área da saúde do estado. “Esses projetos [selecionados] vão entrar em um capítulo do livro, então eles estão terminando agora e na segunda metade desse ano ele vai ser lançado”, explica Ana Paula.

Para a idealizadora do projeto Saúde na Saúde, o reconhecimento repentino do trabalho é uma surpresa, já que ele é desenvolvido há um bom tempo no município. “É muito gratificante, a gente até fica meio surpreso, porque é um trabalho que a gente desenvolve há alguns anos e nunca tivemos um reconhecimento […] mas agora, vamos procurar só melhorar”, finaliza a educadora física.

Carolina Ignaczuk