Alto Vale, Saúde
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A região do Alto Vale passa novamente por um aumento no número de casos de covid-19. No município de Vidal Ramos, seis colaboradores da Secretaria de Saúde testaram positivo para a doença e foram afastados para evitar a propagação do vírus. Agora, mudanças no atendimento da Unidade Básica de Saúde(UBS) foram feitas para adequar os serviços ao número de profissionais.

De acordo com a secretária de Saúde, Ivani Filipi, a situação já era esperada já que a maior parte dos casos positivos no município foram atendidos no hospital ou na UBS. “Já esperávamos por esta situação sendo que a maioria dos casos positivos no município foram atendidos no hospital ou na UBS. Ressalto que tomamos todos os cuidados com uso correto de EPI’s, mas mesmo assim alguns foram contaminados. Todos foram avaliados e afastados já no início dos sintomas e até o momento ninguém evoluiu para um quadro mais grave que necessite de internação. Estamos diariamente monitorando todos e torcendo pela recuperação”, esclarece.

Em relação às mudanças, Ivani fala sobre divisão de profissionais e turnos de atendimentos. De manhã, haverá dois médicos. Uma médica estará responsável por 20 consultas e o outro fará atendimento de pacientes com sintomas respiratórios e renovação de receitas. Já no período da tarde, haverá também uma médica para consultas e renovação de receitas.

Com relação ao atendimento com os outros profissionais, Ivani disse que não há mudanças, mas destaca que a coleta do exame preventivo deve ocorrer somente nas quintas-feiras no período vespertino sem agendamento e que o atendimento na farmácia ocorrerá das 8h às 12h e das 13h às 17h.
A secretária pede ainda que pacientes com sintomas respiratórios procurem o posto de saúde na parte da manhã, já que haverá um médico responsável por esses casos. “Pacientes com sintomas respiratórios devem procurar a UBS no período da manhã, quando temos a disposição um médico somente para estes atendimentos. Além disso, quando chegar na UBS ou no hospital, o paciente deve identificar. Fora deste período qualquer sintoma mais grave o paciente deve procurar o Pronto Socorro”, explica.

Situação de infectados no município

De acordo com a secretária, até o fechamento desta edição, na tarde de ontem (10), o município estava com 11 casos ativos e outras 22 pessoas aguardavam a confirmação dos exames. Felizmente, não há registro de óbitos na cidade.