Alto Vale

Airton Ramos

O que parecia ser uma grande conquista para a população de Mirim Doce e todos que transitam pelo município acabou se tornando um verdadeiro infortúnio. Pelo menos é assim que os moradores definem as obras de pavimentação que foram realizadas no acesso à cidade, na rodovia SC-425, onde em 2011, após anos de solicitação, foi implantado o asfalto.

Alguns meses após a realização, a via já apresentava sinais de que não aguentaria por muito tempo. Os defeitos estruturais no trecho de cerca de oito quilômetros, que vão da BR-470 até o Centro da cidade, variavam entre buracos, ondulações e rachaduras, o que nos últimos seis anos não foi solucionado pelo Poder Público. Vale ressaltar que ações paliativas foram tomadas, mas nada de concreto foi eficiente até o momento.

Cansados dos transtornos e do descaso, alunos da Escola de Educação Básica Bruno Heidrich criaram uma comissão em prol da SC-425, formada por estudantes do 1º ao 3º ano do Ensino Médio. O objetivo é promover ações comunitárias em busca de soluções para o problema da rodovia, e no próximo dia 22 de maio já foi definida uma manifestação.

“A ideia surgiu nas aulas de Sociologia. Durante discussão em sala de aula, vimos que havendo mobilização da comunidade, a busca por soluções concretas se tornaria mais fácil”, destaca a estudante Juliana Bieging, vice-presidente da comissão estudantil.

A partir das 8h30, o grupo se reúne para uma passeata, e convoca os demais municípios e quem desejar apoiar a causa a juntar-se ao ato. Já estão confirmados cerca de 80 estudantes, que munidos de cartazes, faixas e bandeiras, reivindicarão que os olhos do Governo finalmente mirem a SC-425.

A administração municipal apoia o protesto e, inclusive, encaminhou ofícios convidando para o ato vereadores dos municípios de Mirim Doce, Taió e Pouso Redondo, alguns deputados da região, o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Vampiro, e até o governador Raimundo Colombo.

O prefeito de Mirim Doce, Sergio Luiz Paisan (PMDB), fala que seu Governo busca constantemente resolver este problema, e comenta a decepção com o resultado desastroso da obra. “Parecia um sonho e acabou se tornando um pesadelo”, lamenta. Ele diz ainda que os estudantes têm seu apoio no ato, e que acredita que as manifestações pacíficas possam colaborar na reviravolta deste caso.

Paisan também falou que tem esperança que o cenário mude, devido à notícia recente divulgada pelo deputado Milton Hobus (PSD). Em nota, o parlamentar disse que tem “uma ótima notícia para o Alto Vale. Saímos há pouco do Deinfra [Departamento Estadual de Infraestrutura] com a informação que já está tramitando para contratação do projeto para pavimentar a SC-425, que dá acesso ao município [de Mirim Doce]. O documento foi apresentado pelo presidente do Deinfra, Wanderley Agostini”, revelou Hobus.


Deputado Federal Kleinübing avalia retorno à Câmara

Rocha desaba em carro na SC-340 em Dona Emma