Alto Vale
Foto: CMF/Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Nesta quinta-feira (24), o secretário de Estado do Desenvolvimento Social, de Santa Catarina (SDS), Claudinei Marques, visitou o Alto Vale. O objetivo é conhecer a realidade dos municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que devem receber do Governo do Estado 14 unidades habitacionais. Entre os 61 municípios estão José Boiteux e Santa Terezinha.

Durante agenda na região ele falou sobre o déficit habitacional do estado que já chega a 252 mil famílias e destaca que para amenizar esse número foi necessário criar um plano habitacional, o Gente Catarina.

“Para se ter uma ideia, há 10 anos não temos plano habitacional em SC, e o resultado disso são 8 mil famílias morando em barracos de lona no estado. O déficit habitacional de SC chega a 252 mil famílias sem habitação e pensando nisso, Moisés pediu que elaborássemos um plano habitacional, que foi lançado recentemente”, conta.

Após criação do Programa que oferece casas para famílias carentes nos municípios com nota abaixo de 7 no IDH, ele afirma que o trabalho é para percorrer todas as 61 cidades e ir orientando sobre as licitações para execução das residências.

“Estamos correndo contra o tempo para que os municípios possam fazer as licitações e as unidades possam ser construídas, para que possamos diminuir esse índice de falta de habitação”, comenta.

Em José Boiteux e Santa Terezinha o índice está abaixo de 7, assim como outros 59 municípios catarinenses. Até o momento não há previsão exata para conclusão das obras nos municípios, mas a intenção do Governo do Estado, segundo Claudinei, é proporcionar melhorias a todos.

“Moisés implementou o Gente Catarina que contempla essas cidades para que possam subir o índice do IDH, que é preocupante e não podemos ver essa situação e ficar de braços cruzados. O governador tem uma sensibilidade para o social e tem nos amparado para ajudar os municípios.”.

“Aqui estamos para acompanhar a realidade dos municípios, tenho rodado o estado de Santa Catarina porque não tem nada melhor do que conhecer a realidade local. Cada vez que um Secretário de Estado chega a um município é o Governo do Estado chegando e isso leva mais confiança aos munícipes e aos prefeitos, porque passa mais segurança saber que o Governo do Estado está ao lado deles. Dessa forma temos construído essa política que traz benefícios ao catarinense”, acrescenta.