Alto Vale
Divulgação

 

Jorge Matias

 

Após as chuvas dos últimos dias, o acesso à Serra do Tucano, em Presidente Getúlio está prejudicado. Isso porque a estrada de barro fica escorregadia e apresenta riscos aos motoristas que optam por transitar pelo trecho. Na manhã desta quarta-feira (23), o trânsito no local foi interditado por conta de um caminhão que não conseguiu completar o percurso, no entanto, o Executivo alega que a obra de revitalização da via já foi licitada e deve iniciar em breve.

 

O diretor de Obras, Lírio Censi, afirmou que na subida da serra há uma placa que proíbe a passagem de caminhões pelo trajeto.

“A placa avisa sobre os riscos que o trecho oferece aos motoristas de caminhões, entretanto o aviso não está sendo respeitado e muitos ainda se arriscam. Quando há chuva a situação fica ainda pior”, afirma.

 

Ainda de acordo com Censi, se a sinalização não for respeitada e as chuvas continuarem, o trecho terá que ser interditado de forma permanente.

“Precisamos evitar transtornos no local, bem como, manter a segurança de quem passa pela serra”, disse.

 

A licitação para a revitalização da Serra do Tucano já foi realizada e cerca de 1.400 metrôs de estrada serão revestidos com camada asfáltica. Segundo o prefeito Nelson Virtuoso (PMDB), o município irá subsidiar a obra com recursos próprios e o investimento será de aproximadamente R$ 2,7 milhões.

“Temos um acordo com o governador. O município será responsável pelas obras na Serra do Tucano e o Governo do Estado irá fornecer recursos para a revitalização do Centro da cidade”, completa.

 

Segundo Virtuoso, o asfaltamento da Serra do Tucano, além de beneficiar os getulienses também irá favorecer os moradores de cidades próximas.

“As prefeituras de municípios como Dona Emma e Witmarsum, utilizam a via para transportar os seus doentes até Rio do Sul. Por isso a obra irá auxiliar não só Presidente Getúlio, mas toda a região do Vale Norte”, comenta.

 

A empresa que assumirá a obra já foi responsável por duas reparações recentes, uma na rua Ricardo Stein, no bairro Índio Esquerdo e outra no morro do Mirador. De acordo com o prefeito, o prazo para o término da revitalização na Serra do Tucano é de 120 dias.