Política
Foto: Divulgação

Rafaela Correa/DAV

A secretária geral da Câmara de Vereadores de Ibirama, Fernanda Vianna de Souza Schulz, foi exonerada poucos dias após a sua nomeação por ter o nome envolvido em uma polêmica em uma rede social. Tudo teria começado depois de publicação de prints de mensagens feitas em um grupo do Facebook, que é bastante conhecido na cidade. A Câmara de Vereadores, através do presidente da casa alegou em um esclarecimento que não compactua com o ocorrido e anunciou a exoneração da servidora que afirma ter sido vítima de um plano para manchar sua imagem.

De acordo com uma nota emitida por Fernanda, a autora da postagem teria a atacado de forma pessoal e sem razão com quase 60 mensagens ofensivas e pejorativas no dia 22 de fevereiro e mais 65 mensagens no dia 26 de março, totalizando cerca de 130 mensagens. A ex-servidora registrou três Boletins de Ocorrência.

Ela alega que a autora da postagem teria exposto o conteúdo das mensagens de forma descontextualizada para prejudicá-la. “Após ter recebido 129 mensagens de baixo calão e ataques pessoais, enviadas através do Messenger no Facebook, pela autora da postagem, sem contextualizar a resposta da servidora feitos aos ataques sofridos, a autora da postagem, agindo de forma dolosa e premeditada, extraiu da conversa pessoal, parte desta, em ato contínuo, e com intuito de denegrir a imagem da servidora. A autora da postagem aproveitando-se apenas da parte da mensagem que lhe favorecia, postou-a no mencionado grupo, causando ampla divulgação envolvendo o nome da servidora e a instituição na qual trabalha de forma negativa”, diz a nota.

Ainda de acordo com o esclarecimento, a servidora afirma que após ter conseguido o objetivo, a autora das mensagens teria ironizado e avisado que os prints seriam postados em um grupo no facebook.

Para Fernanda, não restam dúvidas de que ela foi alvo de um plano premeditado para manchar a sua imagem. “A servidora da Câmara foi alvo de um plano ardiloso e premeditado cuja finalidade única foi de manchar a sua imagem, e a imagem da instituição. Ademais, a servidora da Câmara informa que jamais teve a intenção de denegrir a imagem da Câmara, de seus vereadores e servidores, e muito menos desmerecer ou desrespeitar qualquer cidadão”, justificou em nota.

A Câmara de Vereadores ainda postou um esclarecimento afirmando que a casa não compactua com o teor das mensagens e anunciou na última quarta-feira (31), a exoneração da servidora. “O Presidente da Casa, também anunciou na quarta-feira, 31, a exoneração da servidora Fernanda Vianna de Souza Schulz, recentemente, nomeada para o cargo de Secretária Geral da Câmara de Vereadores de Ibirama. A servidora envolveu-se em polêmicas nas redes sociais não compactuadas pela Mesa Diretora e membros do Poder Legislativo desta Câmara, restando mais acertada tal decisão.

Assinalamos que esta Presidência está à disposição de toda a comunidade para prestar os devidos esclarecimentos acerca dos fatos, reiterando seu compromisso para com todos cidadãos ibiramenses”, diz o esclarecimento.