Alto Vale

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O homem acusado por um duplo homicídio em Agrolândia no dia 6 de abril já está em liberdade. Mário Maas, havia se apresentado à polícia no dia seguinte ao crime, alegou legítima defesa, e desde então permanecia no Presídio Regional de Rio do Sul. Agora teve a prisão preventiva revogada e vai responder em liberdade.

A liberação foi confirmada pela direção do presídio na tarde desta quinta-feira (4) e também pelo próprio advogado de defesa de Mário, Rui César Voltolini, que preferiu não comentar o assunto a pedido da própria família do suspeito. O réu era bastante conhecido na cidade e chegou a atuar como secretário-adjunto de Infraestrutura da Prefeitura de Agrolândia, mas foi exonerado em 2018.
Alciro e Joacir Biancati foram mortos à tiros no dia 6 abril em frente a empresa madeireira da família na localidade de Três Barras. O pai, que foi vereador em Agrolândia entre 1993 e 1996, levou um tiro no peito e o filho foi baleado três vezes: duas no peito e uma no braço. Logo depois dos disparos o suspeito havia fugido do local. As vítimas morreram antes da chegada dos bombeiros.