Segurança

Quatro homens foram presos e um morreu em uma operação divulgada nesta sexta-feira (30) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). De acordo com as informações da PRF, a operação nomeada “Sétimo Mandamento” foi deflagrada na quinta-feira e prendeu criminosos envolvidos em furtos e roubos de agências bancárias e carros-fortes do Vale do Itajaí e Planalto Catarinense.

A operação foi realizada em uma parceria entre o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Polícia Militar de Navegantes e Itajaí e a Guarnição Especial de Curitibanos. Os resultados da operação foram apresentados da Delegacia de Polícia Civil de Rio do Sul.

Dentre as ações mapeadas estão o roubo a um carro-forte no aeroporto de Navegantes, roubo de uma agência do Santander de Navegantes, carro-forte no Banco do Brasil em Itajaí e a explosão de agências bancárias em Rio dos Cedros e Itapoá. A investigação da polícia identificou uma possível ação dos criminosos no município de Santa Cecília e, com o apoio do Bope, montou uma armadilha para prender os criminosos na quinta-feira.

De acordo com o relatório policial, um Palio, um Fiesta e um caminhão Hyandai foram identificados e seguidos pela polícia na BR-470. No quilômetro 125, em Ibirama, o caminhão, que era conduzido por João Paulo Brito, vulgo Zaca, desobedeceu à ordem de parada da polícia e quando parou, Brito abriu a porta do veículo e atravessou a via disparando em direção a guarnição do Bope, dando início a um tiroteio. Brito faleceu no local, depois que foi acertado pelos tiros disparados pela polícia.

No baú do caminhão foram localizadas diversas armas de fogo. Eram pistolas, espingardas, uma submetralhadora, miguelitos, explosivos, coletes balísticos e acessórios utilizados para arrombamento de caixas eletrônicos. Os outros dois veículos foram interceptados pela polícia. No Fiesta estavam Alex Sandro de Oliveira e Ilio Leandro Erikson, em posso de duas pistola 9mm. Já o Palio, que era utilizado pelo grupo criminosos como batedor, e foi interceptado em Blumenau por policiais em Blumenau, estavam João Carlos Nascimento e Flavio Garrozi. Todos foram presos. Ainda na quinta-feira, a polícia foi até a casa de Erikson, em Itajaí, e lá encontrou quatro carregadores de fuzil calibre 5.56 e 16 munições do mesmo calibre. Lá foi detida Gabriela Teixeira Cardosos.

Em Rio do Sul, foram apresentados diversos materiais apreendidos, que eram utilizados pelo grupo. Entre eles estavam, três espingardas de calibre 12, uma submetralhadora 9mm, quatro pistolas, 30 munições calibre 12, 196 munições de pistola, três artefatos explosivos improvisados, dois rádios, 10 espoletas, coletes, barras de aço, rádios, celulares e dinheiro.

Suellen Venturini