Alto Vale
Foto: Divulgação - Palestra com Ana Carla Fonseca marcará a abertura do Plano

Taió recebe na próxima terça-feira (19), às 9h, a palestra “Cidades Criativas”, que marcará a abertura do Plano Municipal de Economia Criativa. O encontro será ministrado pela referência mundial em economia criativa, Ana Carla Fonseca, e acontecerá no Salão Paroquial do município. O evento é gratuito e não há necessidade de inscrição.

Promovida através de uma parceria entre o Senac/SC e a Prefeitura Municipal, o objetivo da palestra é discutir espaços urbanos e as potencialidades no campo da criatividade. Com a abertura do Plano Municipal de Economia Criativa, Taió será uma das primeiras cidades do país a implementar uma ação que visa incentivar e reunir capital intelectual, cultural e criativo para fomentar a inovação, o empreendedorismo, a diversidade e o desenvolvimento humano e econômico.

Após a implementação do plano, a ideia é mudar o rumo da economia local nos próximos dez anos, principalmente nos setores cultural, histórico, esportivo e agrícola. A primeira etapa do projeto já está em andamento, onde uma equipe intersetorial – composta por integrantes do Poder Público, privado e da sociedade civil organizada – está sendo formada. “No dia 19 a gente já vai estar com o comitê formado, que é o pessoal que traz algumas sugestões, e também a gente vai estar com o comitê intersetorial, que são pessoas de diversos segmentos da sociedade”, explica a técnica da Secretaria de Educação de Taió, Naiara Gracia Tibola.

De acordo com Naiana, a partir das próximas semanas a equipe intersetorial irá participar de formações, para depois aplicar o Plano de Economia Criativa no município. “O objetivo do plano é divulgar a nossa cultura, divulgar o próprio município e as riquezas que a gente tem de turismo […] É também interligar todos os setores da sociedade para o desenvolvimento do município, desde a lanchonete que vende pão com bolinho, até o restaurante que faz pratos mais elaborados”, ressalta.

A equipe está sendo formada através de uma metodologia desenvolvida pelo Senac/SC, a partir do programa Senac Criativo, conforme explica o responsável técnico pelo programa, Luis Fernando Albalustro. “O objetivo é mobilizar os agentes envolvidos, desconstruindo conceitos e estimulando a inovação para a viabilização de políticas públicas que deem vasão para o desenvolvimento da economia de um local que já possui perfil e vocação criativos, como é o caso de Taió”.

Próximos passos

O projeto foi apresentado em agosto deste ano para a população de Taió, e a próxima etapa consiste nas propostas de metas, objetivos, ações e indicadores, que serão apresentados e aprovados entre os seminários e fóruns, ainda no segundo semestre deste ano.

O plano está previsto para ser concluído no primeiro semestre de 2018, após a aprovação das propostas na Câmara de Vereadores, tornando-se uma Lei Municipal.

Carolina Ignaczuk