Esporte
Foto: Divulgação

Com nova data programada, de 26 a 30 de outubro, o 13º Transcatarina anunciou o lançamento da categoria Camping, que traz uma proposta diferenciada ao evento, porém, bastante praticada por algumas pessoas que adoram estar em meio a natureza.

O evento terá largada de Fraiburgo, no centro- oeste catarinense. A definição das demais cidades sedes foi postergada devido ao atual cenário da pandemia, porém, os trabalhos técnicos e logísticos permanecem ativos.

Sob a coordenação de Rogério Augusto Coelho, o Rogerinho, a Camping terá praticamente o mesmo formato das categorias Passeio Radical 01 e 02, com a diferença de que os pernoites serão na trilha, com os jantares preparados e servidos no mesmo local. Cada carro deverá levar sua barraca própria e, para aqueles que não quiserem acampar todos os dias, terão a liberdade de dormir em hotéis da região e, posteriormente, juntar-se ao grupo novamente.

“Começamos a trabalhar no levantamento do percurso e a ideia é encontrar os melhores pontos para pernoites, que conciliem um belo luau e nascer do sol, em um espaço que todos possam se divertir e confraternizar”, explicou Rogerinho. “Uma das regiões que acamparemos será na Coxilha Rica, próximo a Lages”, contou.

Os primeiros inscritos

A Camping já tem participantes confirmados, a exemplo de Vinicius Bürher Bordin e Rodrigo Busarelo , de Taió. Eles estarão a bordo de um Suzuki Jimny e aparamentados com todos os itens necessários para essa aventura.

“Essa será a nossa primeira participação no Transcatarina e queremos uma imersão total no fora-de-estrada, sair da rotina e curtir 100% a natureza”, disse Bordin. E assim será: eles visitarão lugares inusitados, farão novas amizades e serão presenteados com as mais belas paisagens. “Quem gosta de desafio, busca por muita diversão e quer compartilhar com amigos o espírito off-road, não pode perder essa oportunidade. Estamos contando os dias para a largada”, completou.

A receita da Camping será bem simples: muitas trilhas, passagem por áreas de reflorestamento, travessias de rios, atoleiros alternativos e, claro, cenários incríveis.