Estado
Foto: Divulgação

Acabou o “jeitinho”. Pelo menos no que diz respeito às filas de espera dos pacientes que aguardam por consultas, exames, intervenções cirúrgicas e outros procedimentos na rede pública de saúde, tanto municipais quanto estadual. O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, apresentou, ontem, o portal webservice, desenvolvido integralmente pela equipe de tecnologia do governo e pioneiro na publicitação das filas de espera na internet. “Somos referência nacional e já têm estados interessados na nossa tecnologia, como Paraíba, Amapá e Piauí”, comemorou Caropreso. Por ser médico, ele sabe da importância dessa transparência, da mesma forma que o autor do projeto e também médico, o deputado Antonio Aguiar, que acompanhou a apresentação. Aguiar elogiou a dedicação dos servidores da Saúde e do próprio secretário, comparando com as “milhares de leis que não são cumpridas”.

A coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e Terceiro Setor do Ministério Público (MP-SC), promotora Caroline Zonta, disse que a medida é um sonho se concretizando. “Muitos trabalhos ainda serão necessários, ajustes serão feitos e peço a compreensão de todos. Saibam que há muitas pessoas envolvidas e comprometidas com a saúde pública de qualidade para que cada paciente seja atendido pela sua condição clínica ou cronológica”, explicou. O serviço pode ser acessado pelo site da Secretaria (saude.sc.gov.br) ou direto pelo link listadeespera.saude.sc.gov.br.

Vitória do governo

O Executivo estadual conseguiu aprovar, numa sessão tumultuada, com galerias cheias de servidores públicos estaduais e lideranças sindicais, mais dois projetos considerados essenciais para o equilíbrio financeiro do Estado. Nos dois casos foi mantida a proposta original. Os projetos 349 e 350/2017 autorizam a renegociação de dívidas do Estado com o BNDES e limita o crescimento anual das despesas primárias correntes, inclusive salários. A resistência da oposição foi grande, mas a maioria que o Executivo mantém na Casa falou mais alto. Foram 23 votos a favor e sete contrários. A Secretaria de Estado da Fazenda rechaçou o termo “congelamento de investimentos”. Em nota, afirma que a limitação à inflação para despesas não abrange investimentos ou as despesas de capital.

Roteiro

Depois de comandar uma das mais intensas sessões do ano, o presidente da Assembleia, deputado Silvio Dreveck (PP), vai aproveitar o feriado para um roteiro pela região serrana. Defensor do municipalismo, ele tem promovido reuniões em diversas regiões do estado com o objetivo de aproximar as atividades do Parlamento estadual do interior catarinense e fortalecer os municípios.

A primeira parada será em Bom Retiro, depois Lages onde, em reunião com lideranças locais, Dreveck deve falar sobre os projetos em pauta e sobre as medidas de gestão adotadas na Casa e que devem resultar em cerca de R$ 10 milhões de economia ao final do ano. Nesta quinta-feira (16), o presidente do Legislativo estadual vai participar de audiência pública sobre a pavimentação do trecho da SC-370, que liga Urubici a Rio Rufino.

Dreveck passará também por Urupema, Ponte Alta, Palmeira, Campo Belo do Sul.

Desigualdades regionais

Falando como pré-candidato ao governo catarinense, o deputado federal Mauro Mariani (PMDB-SC), em agenda no Sul, defendeu que o Estado não fique atento somente aos municípios que crescem abaixo da média estadual. Para ele, é preciso ter uma linha de corte que observe também as cidades que crescem acima da média estadual. E justificou: “Esses municípios já sofrem com a falta de infraestrutura para acompanhar o crescimento”.

Falando em PMDB, o almoço da bancada do partido na Assembleia, ontem, recebeu dois convidados que preparam as malas para embarcar na sigla. O deputado Mario Marcondes, que acabou de sair do PSDB, disse que estava à vontade e anunciou a filiação até o final do ano. Já o deputado Roberto Salum, do PRB, que assumiu a suplência, vai esperar a janela de março para assinar a ficha no PMDB. Como único representante do PRB na Casa, Salum tem status de liderança de bancada e uma série de prerrogativas das quais não quer abrir mão. Ele ainda anunciou o desejo de concorrer a uma vaga na Câmara Federal, afirmando ter o apoio do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Bônus

A Celesc lança nesta quinta-feira (16) a quarta edição do Bônus Eficiente Linha Eletrodomésticos para subsidiar a troca de geladeiras, freezers e aparelhos de ar-condicionado antigos por novos e mais eficientes. A meta é beneficiar mais de 7,7 mil consumidores. O lançamento será conduzido pelo presidente da Celesc, Cleverson Siewert, no gabinete do governador Raimundo Colombo e com a presença do vice-governador Eduardo Moreira.

Andréa Leonora