Alto Vale, Saúde

A população de Rio do Campo conta agora com importantes reforços para o seu bem-estar e qualidade de vida. A Saúde do município celebra a inauguração de três Unidades Básicas de Saúde, sendo duas reformas e a construção de uma inteiramente nova. As reformadas foram nas localidades de Taiozinho e Rio da Prata, já a recém-construída, fica em Serra do Mirador. Participaram da solenidade de entrega diversas autoridades locais, como o prefeito licenciado, Rodrigo Preis, o prefeito em exercício, Alexandro Losi, secretários municipais, servidores públicos, vereadores e a comunidade em geral. Ainda, esteve presente na oportunidade o deputado federal Décio Lima (PT), responsável pela captação dos recursos federais necessários para execução dos projetos. A esposa de Décio Lima, deputada estadual Ana Paula Lima (PT), também participou do ato.

O Prefeito em exercício Alexandro Losi, afirmou que “as obras são um marco para a saúde de Rio do Campo e que trarão muitos benefícios”. O prefeito licenciado, Rodrigo Preis, afirmou também que o investimento é todo em prol da população.

Já o secretário de Saúde, Jefferson Cardouzo, que completa dois anos a frente da pasta em setembro, lembra a complexidade para a Administração Municipal chegar a estas entregas, pois a empreiteira que havia iniciado a execução acabou decretando falência, deixando as obras inacabadas.

“O projeto iniciou em 2013, as obras em 2014. Mas tivemos um problema nessas obras, e elas atrasaram quase um ano. Quando a empresa decretou falência, nós tivemos que fazer todo o processo licitatório. Primeiro toda a parte jurídica, o cancelamento do contrato, depois um novo edital. Como ela ficou mal feita, tivemos que fazer um aditivo no contrato, para dai alguém querer pegar na obra, se não, ninguém queria pegar”, explica Cardouzo.

O secretário destaca também que a inauguração foi necessária devido a orientações do próprio Ministério da Saúde, que exige esta oficialização para comprovação, mas, que os atendimentos já vinham sido realizados nessas unidades desde o ano passado.

 

Estrutura da Saúde

Cardouzo salienta a melhoria da estrutura ofertada à comunidade com estas obras, e também nas condições de trabalho dos profissionais da Saúde. “A nossa parte estrutural era bem precária. A gente não tinha sala de reuniões para ESF [Estratégia de Saúde da Família], não tínhamos sala de digitação para agentes de saúde. Hoje temos também uma sala de odonto, a própria farmácia, local para esterilização do material, questões de acessibilidade. Enfim, ficou muito boa”, comemora o secretário.

O custo total das reformas e construção chega aos R$ 720.000. Agora, o município conta com quatro unidades de saúde, que atendem cerca de 2.000 pessoas, sendo que também foi contemplado com duas médicas cubanas, do Programa Mais Médicos. Elas atuam com mais dois médicos que trabalham nos postos do interior todos os dias da semana.
Espera da comunidade

Em Serra do Mirador, Lydia Granza, de 89 anos, afirmou ter passado por uma espera de mais de 70 anos até a concretização da obra. “Passaram muitos e prometeram”, disse a moradora, que enalteceu sua felicidade em poder presenciar esta entrega.

Airton Ramos