Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Após quase um ano de trabalho, o município de Trombudo Central apresentou o novo brasão que foi reformulado. Como ainda não havia uma legislação municipal regulamentando os símbolos, um Projeto de Lei (PL) está sendo encaminhado para a Câmara de Vereadores para aprovar as adequações. Se aprovado, o desenho estará estampado no uniforme que será distribuído na Rede Municipal de Ensino.

O secretário de Administração, Geziel Balcker, explica que em janeiro de 2021 foi criada uma comissão formada por professores aposentados e pessoas que participaram da história da cidade para que pudessem desenvolver um novo brasão.

“No dia 20 de janeiro iniciamos os trabalhos para reformular o nosso brasão. Procuramos fazer um levantamento histórico do brasão, de como ele chegou, identificamos que não existia lei autorizativa na Câmara de Vereadores, simplesmente foi feito o desenho, assim como a bandeira e se passou a usar. Então levamos essa discussão para as escolas também”, revela.

Ele explica ainda que os professores desenvolveram um estudo de aproximadamente 60 dias sobre o brasão e a história do município para saber o que as pessoas achavam da representatividade que o novo brasão deveria ter.

“Fizemos todo um trabalho e a proposta da comissão era levar essa discussão para a comunidade. Nós decidimos então levar para as escolas e todos os terceiros anos do ensino fundamental trabalharam a história do brasão com os professores e foi apresentada essa proposta de reformulação e eles começaram a desenvolver desenhos. Foi elaborado um concurso entre as escolas para que eles fizessem os desenhos que eles identificavam que representaria a história de Trombudo Central”, conta.

Dos desenhos obtidos, a comissão tentou centralizar as ideias e buscou várias versões até chegar a final. “Foram várias versões que fomos fazendo, adequando, dentro de regras. Um período longo para conseguirmos a aprovação, porque sempre vinham ideias novas e concluímos com a aprovação. Fizemos um vídeo contando a história do brasão para entender as mudanças. As peças dentro do brasão representam a história do município, os próprios alunos que fizeram esses desenhos e contratamos um designer para montar”, enfatiza.

O novo desenho representa as forças produtivas da indústria e do comércio, as riquezas minerais, a identidade alemã e italiana e a arquitetura enxaimel. O símbolo criado em 1971 recebeu elementos que representam a história atual do município. A apresentação e aprovação total da comissão foi realizada na semana passada, mas para fazer com que o desenho seja oficial é necessário que o Projeto de Lei que está sendo enviado à Câmara de Vereadores seja aprovado. Levando em consideração que a bandeira também não estava sendo usada de forma legal, o símbolo também foi incluído no PL.

“Ainda estamos finalizando o Projeto de Lei para remeter à Câmara de Vereadores e vamos incluir na lei a bandeira e o hino do município também. O hino a gente já tem, uma lei mais antiga que vamos adequar dentro dessa nova lei. Vamos protocolar até esta quinta-feira (15), para no próximo ano já poder usar utilizar o novo brasão na bandeira em uniformes escolares que serão distribuídos para a Rede Municipal de Ensino. Estamos correndo para dar tempo de confeccionar com o novo brasão”, completa.