Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

O município de Trombudo Central, no Alto Vale, fez um investimento em tecnologia para monitoramento. Ao todo foram instaladas 20 câmeras em pelo menos 10 pontos estratégicos da cidade. A previsão é que elas entrem em funcionamento nos próximos dias, após treinamento que a Polícia Militar, que ficará responsável pela operacionalização, terá de fazer.

De acordo com o secretário de Administração e Finanças, Geziel Balcker, o sistema implantado é moderno e pelo menos quatro das câmeras serão colocadas de forma a fazer leitura de placas.

“Essa é uma tecnologia nova, onde é possível fazer a identificação de veículos com registro de sinistro, roubo ou documentação pendente nos quatro pontos de entrada e saída da cidade. Somos um dos primeiros municípios do Alto Vale a instalar esse tipo de monitoramento e vamos trazer um ganho enorme para a cidade, tornando-a mais segura”, explica.

Geziel conta que o sistema de monitoramento é um pedido antigo da comunidade que foi incluído em um pacote de obras do município e que estará em funcionamento em razão da aplicação de recursos próprios.

“Infelizmente o projeto Bem-Te-Vi, que foi implantado em outros municípios não foi possível aqui porque não fomos contemplados, mas nós guardamos recursos e estamos fazendo com os próprios. Este projeto está dentro do maior pacote de obras e investimentos de Trombudo Central, mais de R$15 milhões e dentro desse valor estão disponibilizados R$160 mil para a instalação das câmeras”, comenta.

As câmeras de segurança foram instaladas por uma empresa já contratada após processo licitatório e devem entrar em funcionamento após um treinamento que a empresa vai dar para a Polícia Militar, que ficará responsável pela operacionalização.

“Nós contratamos uma empresa que venceu o processo licitatório para instalação de 10 pontos de monitoramento, câmeras disponibilizadas no perímetro urbano da cidade. Cada local terá duas câmeras a fim de captar todos os ângulos possíveis de visão, para que fique de forma fixa. Nós batalhamos muito, corremos atrás dos recursos desde a Administração passada e agora a instalação já foi feita”, destaca.

Segundo Geziel, o sistema de monitoramento é uma forma de garantir mais segurança aos moradores e ainda auxiliar os órgãos de Segurança Pública do município.

“Poderemos apresentar investimentos na área de segurança, complementando com o projeto de reforma e ampliação do quartel do Corpo de Bombeiros, estamos elaborando projeto para o novo espaço da Polícia Militar, onde o órgão terá seu espaço próprio e vai ser um avanço na Segurança Pública no município. As agências bancárias também terão mais segurança e teremos mais controle do que entra e sai do município de Trombudo Central. Acreditamos que seremos parceiros das forças de segurança com esse projeto que é muito aguardado pela população”, completa.