Política
Foto: Cláudia Pletsch

Cláudia Pletsch/DAV

Após o término do prazo para o registro de candidaturas no último sábado (26), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou a lista de bens declarados pelos candidatos ao poder executivo de Rio do Sul. Essa lista está disponível no site: divulgacandcontas.tse.jus.br.

Total de bens declarados:

Candidato a prefeito Clóvis Hoffmann (Cidadania): R$350.777,91

Candidata a vice-prefeita Sandra Parma (PRTB): R$149.900,00

Candidato a prefeito Dionísio Tonet (PSL): R$1.167.000,00

Candidata a vice-prefeita Albina Peron Goetten de Lima (PP): R$783.370,04

Candidato a prefeito Jaime Pasqualini (Podemos): R$1.439.266,96

Candidata a vice-prefeita Joanita Fronza (Podemos): R$100.000,00

Candidato a prefeito Jean de Liz (PDT): R$578.782,32

Candidato a vice-prefeito Jeferson Vieira (PL): R$363.477,31

Candidato a prefeito Jose Eduardo Rothbardt Thome (PSD): R$1.052.700,00

Candidata a vice-prefeita Karla Fernanda Bastos Miguel (MDB): R$986.131,38.

Rio do Sul tem 122 candidatos a vereador cadastrados

O número de vereadores cadastrados e concorrendo ao Poder Legislativo diminuiu, antes eram 146 pré-candidatos e hoje são 122 candidaturas registradas.

Em Rio do Sul, existem 10 vagas para assumir cargos na Câmara Municipal de Vereadores e a função de exercer a legislação e representar os interesses da população perante o poder público deve ser assumida pelos 10 candidatos mais votados no município.