Política
Divulgação

 

Na noite de terça-feira (10), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizou o julgamento do Recurso Especial do Ministério Público na ação que investiga a suspeita de Caixa 2 nas eleições de 2016, envolvendo o prefeito de Rio do Sul, José Eduardo Rothbarth Thomé e o vice Paulo Cunha. Todos os ministros foram a favor e as provas foram validadas.

 

o Ministério Público Estadual (MPE) denunciou a prática de captação de recursos e gastos em favor das candidaturas dos políticos em valores superiores ao limite permitido para a campanha de 2016, por meio de  caixa 2.