Cidade
Foto: Rafael Beling/DAV - Francisco sente confiança em estar no caminho certo, que para ele é as mídias digitais

Na sexta-feira (8) houve a inauguração da TV Câmara Rio do Sul. A solenidade aconteceu no Plenário Vereador Carlos Gerd Schroeder, na Câmara Municipal, com a presença das autoridades do município e do deputado estadual Milton Hobus (PSD), que veio em representação ao deputado estadual Silvio Dreveck (PP), presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

O presidente da Câmara de Vereadores de Rio do Sul, Francisco Goetten de Lima, disse que a ideia da TV veio de uma necessidade, pois o gasto era excessivo em publicidade e terceirização de veículos de comunicação.

Segundo ele, estava sendo gasto de R$ 500 a R$ 700 mil ao ano, sendo que só para uma TV local terceirizada era R$ 300 mil. Com a intenção de diminuir os custos, foi cortada a parceria com a TV que fazia as transmissões.

Ao mesmo tempo, havia a necessidade de divulgar as ações do Legislativo para a comunidade, então foi criada uma nova alternativa. As ideias vieram através de discussões com os funcionários da Casa e vereadores. “Eles me deram essa autonomia, como presidi a Câmara nesse ano, senti a necessidade de dar essa resposta à população, para que eles acompanhassem nossas ações e trabalho”, disse o presidente.

A partir disso, a Câmara buscou através da Assembleia Legislativa parcerias com o Ministério das Comunicações e com algumas Câmaras Municipais que já tinham a TV Câmara.

O presidente comenta que antes era gasto em torno de R$ 36 mil por mês em divulgação. Hoje, com a TV Câmara, será gasto R$ 3 mil. A implantação toda custou cerca de R$ 35 mil, o que seria o valor de uma mensalidade do serviço terceirizado de comunicação. “Agora teremos somente o valor da manutenção. Se considerarmos uma gestão de quatro anos do vereador, o total economizado será de mais de R$ 1 milhão”, completa.

Ele frisa que hoje há a migração para as mídias digitais, e ressalta que tem certeza de que estão no caminho correto, atingindo muito mais pessoas sem perder a eficiência. “Nos tornamos mais econômicos e com transparência também. Isso é uma tendência de mercado e todos têm que se readequar nesse momento que vive a mídia”, comenta.

Transmissão

A Câmara já está com toda a estrutura interna preparada para as transmissões tanto via mídia digital, como via TV aberta e a cabo. “O que temos hoje é a estrutura interna da Câmara completamente preparada para as transmissões, como sessões da Câmara e trabalhos realizados pelos vereadores”.
A TV Câmara Rio do Sul tem parceria com a Assembleia Legislativa e já pode ser transmitida também via cabo. Está sendo aguardada a liberação da TV aberta, e parcerias com entidades, associações e outras Câmaras serão feitas para compartilhamento de informações.

O presidente agradeceu a iniciativa dos vereadores, equipe interna da Câmara, técnicos de comunicação e ao deputado Silvio Dreveck (PP). “Hoje estamos preparados para divulgar o máximo possível para a população. Essa autonomia e renovação que houve na Câmara também permitiu que adequássemos algumas mudanças”.

Elisiane Maciel