Alto Vale
Foto: Divulgação - A incubadora é mantida pelo Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi)

Seis empresas passaram este ano pela Agência de Desenvolvimento Empresarial da Região de Ibirama (Aderi), incubadora mantida pelo Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Desde a fundação da agência em 2008, 24 projetos, ao todo, já foram incubados, entre consultorias financeiras e de contabilidade, empresas de software, de marketing e de recursos humanos, confecções e escritórios de engenharia civil. Dessas, cerca de 70% continuam atuando no mercado da região do Alto Vale do Itajaí. A maioria das empresas incubadas é formada por estudantes e egressos dos cursos de Engenharia Sanitária, Ciências Contábeis e Engenharia de Software da Udesc-Ibirama.

A H2SA é um exemplo. Formada pela ex-aluna Ana Carla da Silva, com auxílio de acadêmicos de Engenharia Sanitária, ela atua na revisão de planos de saneamento básico, ações de licenciamento ambiental e diagnóstico dos tratamentos individuais de esgoto. Em 2018, a empresa apresentará um plano para a formação de um sistema municipal de limpa-fossa visando a universalização do esgotamento sanitário de Ibirama. “Se não fosse o apoio da agência, não teríamos condições de montar a empresa. A Aderi tem uma ótima estrutura”, diz Ana Carla.

Contas e tratamento de água

Também apoiada pela Aderi, a Governa Pública auxilia as prefeituras na prestação de contas ao Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC) e já firmou contratos com oito municípios. A empresa, que atua ainda na atualização patrimonial e tributária, é formada pelos egressos e irmãos Ronaldo, Edson e Fernando Garlini, do curso de Ciências Contábeis.

A Integral Soluções de Engenharia, por sua vez, é comandada por Jonathan David de Abreu, que cursou Engenharia Sanitária e conta com a parceria de quatro ex-colegas de turma. A empresa desenvolve tecnologias de baixo custo e alto desempenho no tratamento de água industrial e residencial, além de métodos para a gestão de resíduos sólidos de maneira sustentável.

Jogos e softwares

A By World, que atua com foco em desenho, programação e publicação de videogames, pertence aos alunos Rafael de Miranda, Tulio Meneghelli e Matheus Zuckuhr, do curso de Engenharia de Software.

A Softlize – Soluções e Sistemas atua em vários projetos com foco no desenvolvimento de sites e aplicativos móveis, enquanto a PrograMei desenvolve softwares para a gestão de microempreendedores individuais, tendo como responsável o ex-aluno Douglas Felipe Siedschlag, de Engenharia de Software.

Amparo ao empreendedor

Segundo o professor e diretor de Extensão da Udesc-Ibirama, Jaison Savegnani, a Agência de Desenvolvimento Empresarial da Região de Ibirama, é dotada de capacidade técnica e administrativa e de infraestrutura para amparar o empreendedor e seu negócio. “Seu papel fundamental é a sustentação e a ajuda inicial à sobrevivência de novos negócios por meio de inovações tecnológicas, serviços e produtos. Auxilia na instalação com materiais e no desenvolvimento da empresa com suporte de administradores e consultor empresarial”, explica.

As propostas para receber apoio da agência podem ser encaminhadas por meio de edital de ingresso, aberto a qualquer tempo. A Aderi seleciona empresas com base na análise dos pedidos de projetos com viabilidade técnica e econômica, geradas a partir de identificações que atendem principalmente as necessidades da região.