Alto Vale
Foto: Divulgação

Com o aumento do número de pacientes que tem procurado o serviço de saúde com sintomas gripais e o retorno da região para o nível gravíssimo no mapa de risco que monitora a Covid-19 em Santa Catarina, a Secretaria de Saúde de Ibirama reabrirá a Unidade Sentinela.

O espaço fica localizado no Centro de Educação Infantil Vice-prefeito Sigolf Radloff, no Centro, ao lado do Parque Municipal Manoel Marchetti.

O atendimento inicia nesta quinta-feira e será mantido durante os dias úteis posteriores, sempre com horário das 8h às 12h e das 13h às 17h.

“Os pacientes com qualquer sintoma de gripe devem procurar esta unidade. Dessa forma, evitamos que pessoas que estejam com suspeita de Covid-19 sejam atendidas no mesmo local dos pacientes com outros problemas”, destacou a secretária de Saúde de Ibirama, Izabel Pettersen.

A secretária destaca ainda que devido à necessidade de remanejamento das equipes de trabalho, algumas Unidades Básicas de Saúde periféricas ficarão sem atendimento. “Os profissionais médicos e de enfermagem serão direcionados para o atendimento na Unidade Sentinela, sendo que alguns atendimentos rotineiros serão transferidos para outras unidades de saúde”, explicou.

É o caso dos moradores de Nova Stettin, que devem procurar atendimento na UBS do Distrito de Dalbérgia, e das localidades de Rafael e Sellin, que devem se direcionar a UBS do bairro Progresso. Antes de se dirigir a unidade, recomenda-se que o paciente entre em contato por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, pelo número 98874-0881 ou, diretamente com a Unidade de Saúde de referência.

 

Ibirama volta ao mapa de região gravíssima

 

A atualização do mapa de risco que monitora a Covid-19 em Santa Catarina. Divulgada na terça-feira, 24, voltou a colocar em alerta também os ibiramenses. O estado passou de três para 13 regiões no nível mais alarmante da escala, o gravíssimo. Em relação aos números divulgados na semana passada, o aumento foi de 333%.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde de Santa Catarina, o estado vive um dos piores momentos da pandemia, com 332 mil confirmações desde o início da pandemia. Os números são semelhantes ao fim de agosto, quando a pandemia havia apresentado seus piores momentos.

Atualmente, Santa Catarina soma mais de 24 mil pacientes ativos da Covid-19 e já quebrou o recorde de casos confirmados em 24 horas três vezes consecutivas nos últimos dias.

Em Ibirama, o boletim divulgado na terça-feira, 24, apontava 740 casos positivos, 675 recuperados, 51 em monitoramento domiciliar e 10 óbitos.