Cidade
Foto: Adriano Gava/DAV

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

A forma de distribuição dos recursos da Área Azul do município de Rio do Sul é um dos maiores questionamentos da população, e com a divulgação da necessidade de R$ 2,4 milhões para o término das obras da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) muitas pessoas questionaram sobre a destinação dos valores arrecadados com o estacionamento rotativo em Rio do Sul.

A Apae é a administradora da Área Azul no município, e afirma que utiliza os valores arrecadados para a manutenção dos serviços que atendem 220 alunos rio-sulenses. O presidente da instituição, Yuri Stupp, esclarece que esses valores não são destinados somente para a Apae, a entidade é beneficiada com um percentual de 70% e outras três entidades também recebem juntas 30%, sendo 10% encaminhados para a Associação Renal Vida, outros 10% para o Asilo Conferência de São Vicente Paulo e os 10% para o Lar da Menina.

O presidente explica ainda que a média mensal de faturamento bruto com a área azul em 2019 foi de R$ 138.783,79 e a média mensal das despesas para o gerenciamento e manutenção do sistema do estacionamento rotativo no mesmo período foi de R$ 90.579,71, já que a entidade precisa fazer o pagamento dos funcionários, entre outras despesas. Neste mesmo período, a Apae obteve uma média mensal de resultado líquido financeiro no valor de R$ 33.747,47, e as outras três entidades o valor mensal total de R$ 14.463,20 aproximadamente. Yuri ressalta que no caso das multas de trânsito o Município de Rio do Sul é o único beneficiário, e que a Apae não recebe nenhum valor referente as multas aplicadas em decorrência das infrações no estacionamento rotativo.

Além dos 220 alunos de Rio do Sul a Apae atende cerca de 110 de outros seis municípios, e o presidente explica que com essas cidades a entidade mantém um Termo de Colaboração para auxílio financeiro que é pago pelas Prefeituras afim de ajudar a instituição. Do município de Rio do Sul a Apae conta apenas com a receita da Área Azul para a manutenção do atendimento aos alunos, bem como para a realização do transporte escolar diário.

Atualmente a Apae conta com 55 professores, 11 profissionais na equipe multidisciplinar, além de profissionais da equipe de apoio, como merendeiras, trabalhadores de serviços gerais, motoristas, monitores de transporte e de administração.

Os alunos que frequentam a Apae contam com atendimento pedagógico, atendimentos nas área de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, terapia ocupacional, assistência social, pediatria e neurologia. Dentro dos serviços destas áreas estão inclusos os atendimentos em piscina térmica, equoterapia, PediaSuit, órteses e integração sensorial. Além disso os alunos contam ainda contam com o transporte escolar adaptado com elevador, e todos os atendimentos oferecidos na entidade são gratuitos.

Para consultar os demonstrativos financeiros detalhados divulgados mensalmente pela Apae, basta acessar a página da Área Azul de Rio do Sul e da Câmara de Vereadores através dos link: https://www.areaazulriodosul.com.br/ https://camarariodosul.atende.net/?pg=autoatendimento#!/tipo/servico/valor/41/padrao/2