Política
Foto: Divulgação

Rafaela Correa/DAV

O vereador de Ituporanga, Valmir Rosa Correia (MDB) informou que nos próximos dias o Hospital Bom Jesus (HBJ) vai receber um recurso de R$250 mil. O convênio está em andamento desde o ano passado, já que vereadores do partido foram em busca de ajuda para a instituição. O valor foi liberado só agora e deve garantir a reforma da área destinada ao laboratório de análises clínicas.

Valmir afirma que o trabalho da bancada do MDB no município visa diversas melhorias, sobretudo para a Saúde e diz que o convênio é referente a emenda impositiva destinada pela deputada estadual, Dirce Heiderscheidt. “Nossa maior preocupação nesse momento é a mesma da população inteira, a saúde. Essa semana recebi a informação de que foi empenhado e assinado o convênio referente a emenda impositiva ao nosso Hospital Bom Jesus, no valor de R$ 250 mil, para a reforma e adequação da área destinada ao laboratório de análises clínicas, visando garantir melhor atendimento da população usuária do HBJ”, explica.

Para o vereador, o hospital é muito importante e merece ser ajudado, já que há tantos anos realiza atendimentos para pacientes de toda a região. “O Hospital Bom Jesus, ao longo dos anos construiu sua própria história, contribuiu certamente para a melhoria da qualidade de vida de várias gerações, já são 85 anos de atuação e agora, se percebe ainda mais o trabalho de toda a equipe”, pontuou.

Além da conquista para o Hospital Bom Jesus, o vereador também destacou em entrevista ao DAV, que um veículo adquirido através de emenda parlamentar do senador Dário Berger foi entregue para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, a Apae. “Além dessa conquista para a entidade, também falei durante a sessão sobre a necessidade de um aumento no repasse que a administração de Ituporanga faz mensalmente a instituição, que é de R$ 15 mil, porém a promessa seria de R$ 25 mil. Pedi que seja reavaliada a situação, a Apae de Ituporanga tem uma grande demanda de alunos e presta um trabalho espetacular”, avalia.

Em entrevista ao DAV, ele ainda conta que sugeriu ao prefeito e á secretária de Saúde do município que o agendamento para imunização da covid seja feito através da internet, a fim de evitar que as pessoas cheguem lá e não recebam a vacina. “Sugeri que como o número de doses da vacina contra a Covid-19 ainda é reduzido, façam feito o agendamento da imunização pela internet, assim as pessoas não correm o risco de chegar no dia da campanha e não receber o imunizante”, finaliza.