Política
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O vereador Nilso Crespi, do MDB, segue na busca por recursos para obras estratégicas em Rio do Sul. Nesta semana ele esteve na Assembleia Legislativa e garantiu uma emenda da deputada estadual Dirce Heiderscheidt no valor de R$ 250 mil para a pavimentação da Rua Robert Holler no bairro Albertina.

Segundo Crespi, em janeiro ele também já havia conseguido outra emenda de R$ 300 mil com o deputado federal Peninha para pavimentar a rua Rua João Eifler, que fica ao lado da Robert Holler. “Essa verba já está nos cofres públicos e a obra deve iniciar nos próximos dias. Já a da deputada Dirce deve chegar em setembro ou no máximo em outubro. Serão obras muito importantes porque essas são as duas únicas ruas do bairro que não tem nenhum tipo de pavimentação em nenhum trecho”, falou.

A deputada destacou que foi um prazer poder contribuir com a cidade. “Tenho um carinho muito grande pela cidade por eu ser também do Alto Vale, de Ituporanga e ter familiares de Rio do Sul e estou muito feliz e quero contribuir ainda mais e continuaremos essa parceria”, destacou Dirce.

O vereador comenta que através de projetos como o Gabinete nos Bairros tem procurado estar cada vez mais próximo da comunidade. “Estamos diariamente em contato com a população e em busca de recursos para melhorar nossa cidade”.

Ele afirma que também já tem o compromisso de Peninha e de Dirce para liberação de outras emendas como uma para o bairro Boa Vista para ampliação do posto de saúde e pavimentação de outras ruas solicitadas por associações de moradores. “Mas estas ainda estamos estudando para em seguida fazer os encaminhamentos”.

O emedebista adianta que na próxima segunda-feira (30) deve ser votado o projeto de sua autoria que prevê a regulamentação do serviço de transporte por aplicativo. “Acredito que deve ser aprovada na segunda e nesta quinta tive inclusive uma reunião com os motoristas de aplicativo”.

10 minutos de tolerância na Área Azul

Crespi ressalta que um dos seus principais compromissos de campanha, que é a apresentação do projeto para implantar 10 minutos de tolerância na Área Azul também deve ocorrer nos próximos meses. “Será um projeto muito polêmico e vamos trabalhar em cima disso para ver se conseguimos mudar, será um projeto que trará muita repercussão”, finaliza.