Política

Para desestimular a prática de dar esmolas, promovendo conscientização da população sobre os efeitos negativos ocasionados por esta prática, os vereadores de Rio do Sul aprovaram nesta segunda-feira (14) o projeto de lei nº 96 que prevê a criação da campanha “Seu Dinheiro os Mantém na Rua”.

Segundo a proposta, de autoria da vereadora Danielle Zanella, a campanha poderá ser promovida pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, com o intuito de estimular a conscientização das pessoas sobre os supostos efeitos negativos na prática de dar esmolas.

A ideia é que o município coloque placas ou cartazes informativos em áreas de grande circulação de pessoas, bem como próximo aos semáforos, como forma de alerta e conscientização, e poderá, ainda, realizar convênios ou parcerias com a iniciativa privada ou terceiro setor a fim de financiar materiais alusivos à campanha. Não há previsão de punições nem para quem pedir dinheiro, nem para quem doar.

A autora, que é graduada em Serviço Social e já foi secretária municipal de Assistência Social, defende a sugestão. “Existem programas e projetos de inclusão, principalmente para o mundo do trabalho, para que estas pessoas possam mudar sua forma de vida. Um exemplo é o Pead (Programa Emergencial de Auxílio-Desemprego), que faz a inclusão para o trabalho, para a formação, cursos. Temos também a Casa de Assis, que atende pessoas em situação de rua com alimentação e cursos profissionalizantes. A mudança significativa precisa vir da própria pessoa, de se reconhecer como sujeito de direitos e tomar a iniciativa de trabalho, emprego, renda”, disse Danielle Zanella.