Alto Vale
DCIM100MEDIADJI_0037.JPGDivulgação

 

Luana Abreu

Helena Marquardt

 

Por conta da estiagem que se prolonga em Santa Catarina e sem previsão de chuva e normalização no abastecimento de água no município, provocando a redução dos níveis de reservatórios da Casan e dos rios, a prefeitura de Vidal Ramos, decretou Situação de Emergência no sistema de abastecimento de água do município. O decreto foi assinado nesta segunda-feira (06), pelo prefeito Odilmar de Souza, o Nego (MDB).

 

De acordo com o prefeito, a estiagem afeta principalmente a agricultura.

“Lavouras de milho, fumo e a produção de gado são as mais prejudicadas. O caminhão pipa está sendo utilizado para abastecer algumas propriedades e até água para animais nós já levamos”, explica.

 

Além disso, há relatos de falta de água até para consumo humano. Conforme o prefeito todo o município foi atingido, mas comunidades de Santa Luiza, Molungu e Baixo Molungu, que são as mais próximas do Centro, registram os casos mais graves.

 

O prefeito explicou que uma equipe técnica percorreu diferentes localidades do interior para fotografar e mapear as áreas com maiores problemas em consequência da escassez de chuva. Assim que for concluído, o documento será encaminhado à Defesa Civil de Santa Catarina onde poderá ocorrer de forma menos burocrática a contratação de serviços, pedidos de auxílio de voluntários e outras ações.

“Esperamos que ele possam tomar alguma atitude porque nossa economia ficará bem prejudicada se a situação não se normalizar em breve”, comenta.

 

Situação em Pouso Redondo também preocupa

 

Em outras cidades do Alto Vale a estiagem também tem trazido problemas e preocupações. Em Pouso Redondo, por exemplo, a prefeitura comunicou que devido a falta de chuva e ao baixo volume de água no Rio das Pombas, foi necessário parar de molhar as ruas, para que não faltasse água para a população. A expectativa é de que a situação seja normalizada quando o nível do rio voltar a subir.

 

A Casan de Pouso Redondo também tem solicitado à comunidade que não desperdice água, pois os rios estão com volume muito baixo e caso não chova um volume considerável em breve, não está descartada a possibilidade de que o abastecimento seja comprometido.

 

O último boletim hidrológico divulgado pela Epagri/ Ciram nesta segunda–feira (6) aponta que no Alto Vale rios de diversas cidades estão sendo impactados pela estiagem. A situação em relação ao nível do rio em Chapadão do Lageado é de alerta e a tendência é que o nível continue diminuindo. Já em Salete e Vidal Ramos o estado é considerado de Atenção segundo o órgão.