Alto Vale
Arquivo/DAV

 

O município de Vitor Meireles está promovendo um mapeamento dos bairros. A ação tem o objetivo de demarcar por meio de uma lei, a área dos sete bairros da cidade que são: Palmitos, Sabugueiro, Vietnã, Ribeirão Pequeno, Centro e Dos Lagos. O técnico em cartografia da Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí (Amavi), Diogo Martins está à frente do projeto que será apresentado à população em uma audiência pública nos próximos meses.

 

Segundo Martins, os bairros já são conhecidos pela população, no entanto não há nenhum registro oficial que estipule o limite por lei de cada um deles.

“Os nomes dos bairros já são conhecidos. Nosso objetivo é realizar um mapeamento oficial e assegurado por lei”, declara.

 

O técnico ainda explica que primeiro o mapeamento será apresentado para a população e depois votado no Legislativo.

“É necessário a aprovação dos vereadores para que a demarcação seja reconhecida como lei”, completa.

 

A ação está sendo realizada por meio do Sigmavi, que é o Sistema de Informações Geográficas da Amavi. Conforme o secretário de Planejamento, Cidade e Desenvolvimento Econômico de Vitor Meireles, Sidnei Darolt, as localidades do interior do município também serão mapeadas.

“A demarcação irá auxiliar no que se refere ao cadastro de cada cidadão, bem como, a definição correta das 10 comunidades do interior de Vitor Meireles”, afirma.

 

O levantamento vai passar pela aprovação do Núcleo Gestor de Planejamento Territorial (NGPT) que é responsável pelo processo de concretização do Plano Diretor Municipal. Os membros integrantes do grupo representam entidades e setores da sociedade civil.

“Todo o estudo e o trabalho deste núcleo, antes de chegar à aprovação do poder Executivo e Legislativo, será submetido a audiências públicas, nas quais toda a população poderá opinar e sugerir alterações”, disse.

 

Jorge Matias