Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A busca por recursos para pequenos municípios é muito importante. Nesta semana, o prefeito de Aurora, Alexsandro Kohl, mais conhecido como Xandão, esteve em Florianópolis para levar demandas do município. Na oportunidade ele solicitou apoio para a recuperação de estradas, construção de quadras cobertas para quatro comunidades, recursos para a construção do novo Centro Infantil da Santa Tereza e construção de uma nova praça.

Para ele, a viagem foi de muito trabalho e resultados, uma vez que voltou com a garantia de auxílio para alguns dos pedidos. “O Deputado Jerry Comper nos acompanhou novamente na Defesa Civil do Estado e lá nos foi garantido recursos para auxiliar ou na compra de pedra para recuperação das estradas, ou para combustível para a o maquinário para retirada das barreiras depois das fortes chuvas da semana passada”, revela.

Ele ainda conta que também visitou a Secretaria de Educação para solicitar quatro quadras cobertas para as comunidades e que em breve, os moradores devem receber boas notícias em relação ao pedido.

“Estivemos também na Secretaria da Educação conversando com o Rodrigo, assessor do Secretário Vampiro, levamos a demanda das quatro quadras cobertas que queremos fazer nas comunidades, logo teremos boas notícias em relação a isso. Saímos de lá também com o restante do recurso para a construção do novo Centro de Educação Infantil da Santa Tereza”, comemora.

Sobre a construção de uma nova praça, o prefeito explica que visitou o deputado Ricardo Alba para levar a demanda. “Pedimos recursos para a construção da nova praça, temos o projeto pronto, queremos aproveitar toda a revitalização do centro e já fazer essa obra. Ele nos prometeu que irá ver como está o financeiro do Governo para nos destinar esse recurso”, afirma.

Xandão ainda agradeceu a todas as autoridades que o receberam na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e no Governo do Estado. “Agradecemos também aos nossos representantes lá em Florianópolis, sem esses recursos não poderíamos colocar em prática todas essas obras”, completa.